fbpx

“Sex Education” volta com tudo

[tempo de leitura: 4 minutos]

“Sex Education” mantém o nível das outras temporadas e segue entregando histórias envolventes e importantes no terceiro ano da produção.


DDesde o momento em que Sex Education estreou na Netflix, em janeiro de 2019, a série chamou atenção por discutir a respeito de sexo e sexualidade sem tabus. Falando abertamente sobre temas que ainda são considerados polêmicos em nossa sociedade, a produção ainda foi capaz de conversar com que públicos variados e fazê-los se conectarem com a trama.

Não demorou para que o Original Netflix se tornasse um grande sucesso na plataforma de streaming, chegando, em setembro deste ano, na sua terceira temporada.

 

MUDANÇA EM MOORDALE

Como o trailer da temporada já indicava, Sex Education  apresenta algumas mudanças ao público. Após toda confusão que ocorre ao fim da segunda temporada, em que o colégio Moordale se torna conhecido como “escola do sexo”, temos a chegada da nova diretora, Hope (Jemima Kirke), que está disposta a mudar a fama do local.

Em um primeiro momento, a nova diretora parece ser simpática e até mesmo consegue conquistar o apoio de alguns alunos, mas na medida em que suas ações pra melhorar a reputação do colégio se tornam extremas, os alunos passam a se revoltar com esse sistema opressor que tenta apagar a identidade de cada um dos estudantes. A situação chega ao extremo ao ponto de Hope humilhar alguns alunos perante toda escola, utilizando eles como exemplos de má conduta e o que deve ser evitado.

Vários episódios de Sex Education mostram como os personagens estão lidando com as novas regras em Moordale e as medidas extremas tomadas pela diretora. E a insatisfação e revolta dos alunos é tanta que eles se unem para poder protestar.

  • Save

Dessa forma, um elemento importante para refletir as atitudes de Hope é a adição de um novo personagem à trama: Cal (Dua Saleh), estudante não-binária que frequenta o colégio Moordale. Com a nova obrigatoriedade do uniforme, Cal não se sente confortável em utilizar uniforme feminino e prefere usar roupas mais largas e masculinas. Claramente isso não agrada a diretora, de forma que ocorrem alguns embates entre os personagens ao longo dos episódios.

 

NÚCLEO FAMILIAR

Além das mudanças no ambiente escolar, Otis (Asa Butterfield) também precisa se acostumar com as alterações em seu núcleo familiar. Após a sua mãe, Jean (Gillian Anderson), descobrir que está grávida de Jakob (Mikael Persbrandt), os dois decidem morar juntos e tentar construir uma família.

Ao mesmo tempo em que Otis estar processando o fato de que vai deixar de ser filho único e que vai se tornar irmão mais velho, tentando agir de forma madura e compreensiva, ter Jakob e Ola (Patricia Allisson) morando junto dele e de sua mãe torna-se um pouco caótico. Além do mais, outras pessoas a volta do garoto comentam o quão estranha é essa situação, visto que ele e Ola são ex-namorados e agora vivem como irmãos.

  • Save

 

OS ROMANCES

Assim como em temporadas anteriores, a terceira temporada de Sex Education está cheia de romances, dramas e decepções amorosas.

Algo muito comentado no fim da segunda temporada é a respeito da escolha de Eric (Ncuti Gatwa), que optou por ficar com Adam (Connor Swindells) ao invés de Rahim (Sami Outalbali). Enquanto alguns fãs gostaram dessa escolha, outros ficaram apreensivos devido o fato de Adam já ter feito bullying com Eric no passado, enquanto o Rahim parecia se importar com ele.

Sendo assim, durante a terceira temporada de Sex Education, o público tem a chance de acompanhar o relacionamento entre os dois. É perceptível que Adam está se esforçando para ser uma pessoa melhor, um bom aluno e um ótimo namorado para Eric, trazendo surpresas para o casal ao longo dos episódios.

Outra dupla que chama atenção é Otis e Ruby (Mimi Keene). Mantendo um relacionamento casual, é interessante acompanhar a dinâmica entre os dois e como o roteiro aprofunda um pouco na história de Ruby. Descobrimos que ela não é apenas a garota má e popular da escola, sendo revelados alguns detalhes sobre sua família e como ela se importa com o namorado.

Enquanto isso, o favorito dos fãs desde a primeira temporada, Otis e Maeve (Emma Mackey), ganha momentos fofos e significantes neste terceiro ano, algo pelo qual os fãs estavam aguardando desde o início. Também é revelado o que aconteceu após Isaac (George Robinson) ter apago a mensagem de Otis para Maeve, em que ele se declarava para ela.

  • Save

Assim como nos anos anteriores, a terceira temporada de Sex Education consegue entregar um trabalho de alto nível. Os personagens são bem desenvolvidos e alguns são aprofundados ainda mais, se comparado com o que foi apresentado nas temporadas anteriores. Sex Education continua entregando muita representatividade, sempre se aprofundando nas temáticas apresentadas, além de contar uma história completamente envolvente.

bruna curi

tem 20 anos, é estudante de Jornalismo, mineira, capricorniana e blogueira nas horas vagas. apaixonada por Livros, Filmes e Séries. gosta de escrever, é uma de suas maiores paixões.

Back To Top
Right Menu Icon
Share via
Copy link
Powered by Social Snap