fbpx

Lidando com as consequências

[tempo de leitura: 2 minutos]

“Clickbait” traz uma interessante discussão sobre assuntos contemporâneos digitais em um trama envolvente e dinâmica.


DDesde que foi anunciada, Clickbait, a nova série da Netflix, me chamou atenção. A trama tem um enredo simples mas muito inteligente em sua execução. Na história, conhecemos Nick Brewer (Adrian Grenier), que trabalha como um fisioterapeuta na Califórnia e tem uma vida tranquila com sua mulher e os dois filhos. Tudo isso começa a desmoronar quando ele é sequestrado e um vídeo é publicado mostrando o protagonista segurando placas em que parece confessar crimes de abuso sexual, acompanhado da mensagem “Chegando a 5 milhões de visualizações, eu morro”. O mais interessante é como o vídeo é usado para fazerem as pessoas questionarem o caráter de Brewer e decidir se ele é inocente ou culpado.

Um grande acerto de Clickbait é como ela cuida dos personagens. Em seus oito episódios,  todos ganham um protagonismo em uma dose certeira, onde conhecemos seus perfis, o que eles fizeram e qual suas respectivas relações com Nick, desencadeando uma série de reações em cadeia em relação ao tópico principal. Prova disso é no episódio O Repórter em que o jornalista faz de tudo para ter a fonte que deseja e não há limites entre empatia, respeito e bom senso. Para ele, só resta fazer a entrevista a qualquer custo, com notícias sensacionalistas, fazendo com que os personagens envolvidos sofram sob este ataque.

No episódio O Filho, em que conhecemos mais do filho Ethan Brewer (Cameron Engles), entendemos como é para ele saber a verdade, e a sua jornada de fazer justiça com as próprias mãos é bem explorada. Ainda, situações de bullying e racismo são tratadas em seu capítulo de Clickbait, e a forma como isso se desenvolve ajuda a dar mais camadas ao personagem.

O que deixa a desejar é que, ao dar uma trama para todos os personagens, o universo se abre demais e muitas vezes parece que falta mais um complemento. Quando entendemos suas respectivas ligações e histórias com o núcleo principal, simplesmente somos deixados com aquelas informações e então partimos para o próximo núcleo.

  • Save

A trama também mostra preocupação em discutir temas como a falta de comunicação, perfis fakes, apps de relacionamentos e traição. Essas discussões são levadas ao seu extremo quando questionando a índole do protagonista e de todos ao redor dele.

Clickbait é uma série de ritmo intenso, flertando com temas atuais sobre a tecnologia e as relações humanas. O que é mais interessante em sua temática é a discussão em como todos nós temos um frágil teto de vidro, estando suscetíveis a erros, e como esses deslizes podem vir a tona de maneira severa. Afinal, tudo tem o seu preço e as consequências vem para todos.

Marcos Tadeu

É Fotógrafo freelancer, formado em Jornalismo pela PUC Minas e se descobriu Crítico no meio de uma pandemia. Apaixonado por animações Disney, sonha em ir para os parques de Orlando.

Ainda, é noveleiro de tramas boas enquanto tenta se redescobrir no mundo do Cinema e da TV — e como o audiovisual pode proporcionar a experiência humana.

Back To Top
Right Menu Icon
Share via
Copy link
Powered by Social Snap