fbpx

O cantador na roda de samba

[tempo de leitura: 2 minutos]

Em “Tô Achando Que é Amor”, Péricles traz canções leves e animadas sem perder o elemento romântico tradicional de sua carreira.


QQuem acha que Péricles só canta música triste está enganado. Em meio a pandemia do novo coronavírus, o pagodeiro preferido do Brasil nos presenteou com um álbum que é a cara do samba. Tô Achando Que É Amor é um projeto dividido em cinco EPs e sete videoclipes, lançados mensalmente desde agosto. Agora, em dezembro, a versão final de seu quarto álbum de estúdio solo chegou às plataformas digitais.

Péricles se consagrou nos anos 80 como vocalista do grupo Exaltasamba, um dos maiores nomes da história do pagode. Após o Brasil ter chorado a separação do Exalta, como os chamamos carinhosamente, Péricles não nos deixou órfãos. Sua carreira solo teve um ótimo pontapé inicial em 2012, com o lançamento de Sensações, e segue crescendo até hoje.

  • Save
Capa do álbum

Em Tô Achando Que É Amor, vemos um Péricles mais descontraído, mas ainda apaixonado. Quem espera faixas depressivas, como os sucessos Até Que Durou ou Melhor Eu Ir, vai se decepcionar. Os amantes de rodas de samba, no entanto, vão adorar as novas músicas.

A primeira faixa dá o título do álbum e o tom inicial, leve e romântico. Já Cantador é a canção perfeita para cantarolar e arriscar uns batuques. Péricles, mais uma vez, se aventura em covers fora de sua zona de conforto. Pupila e Mal Acostumado fogem do gênero que estamos acostumados a ouvir na voz do cantor. Além disso, o álbum conta com uma participação do Projota em Homem Invisível.

Mas não é a primeira vez que Péricles colabora com artistas fora do samba. Em Deserto da Ilusão, ele surpreendeu ao lançar parcerias com Marília Mendonça e Livinho. O sambista também já participou de um dueto ao vivo de Flamingos , com Baco Exu do Blues, e interpretou sua própria versão de Havana, de Camila Cabello.

Durante a quarentena, o músico tem sido ativo em suas redes sociais e na interação com os fãs. Em meio a lives revivendo os maiores sucessos de sua carreira, o cantor compartilhou vídeos com sua equipe ensinando desde coreografia até o funcionamento de uma roda de samba. Ele também lançou dois álbuns ao vivo celebrando sambas antigos.

Apesar da quase ausência das faixas sofridas tão queridas pelos fãs em Tô Achando Que É Amor, Péricles merece crédito por entregar ao público canções positivas durante o momento conturbado em que vivemos. Porém, isso já era de se esperar. Afinal, como ele mesmo se define, Péricles é um cantador.

isabela oliveira

leonina nascida em 1999 que deixou o litoral de São Paulo para estudar jornalismo na Unesp Bauru. ouve de tudo um pouco, mas é apaixonada por música pop. gosta de livros, séries e filmes de romance teen. ama moda, animais e é viciada em acompanhar as Kardashians.

Back To Top
Right Menu Icon
Share via
Copy link
Powered by Social Snap