fbpx

A máfia nunca foi tão charmosa

[tempo de leitura: 4 minutos]

“Vincenzo” triunfa não só na narrativa, mas pelos personagens carismáticos e uma dosagem equilibrada entre o crime, o romance e a comédia.


SSendo ou não situações de prazeres culposos, vilões tendem a prender a nossa atenção, a ponto de torcer-mos por suas vitórias — principalmente quando são bem interpretados e bem construídos. Dito isso, o grande trunfo de Vincenzo reside justamente em seu protagonista, um anti-herói de história cativante, um sólido desenvolvimento narrativo e um charme singular, fruto de sua hipnotizante beleza e clássica compostura.

No drama coreano (“Dorama“) de 20 episódios da tvN, Vincenzo Cassano (Song Joong-ki) é o Consigliere (conselheiro/braço direito) de uma famosa família de mafiosos italianos. Com a morte do pai, ele tem sua segurança comprometida devido o ciúmes que seu irmão sempre sentiu pelo papel que Vincenzo exerceu ao lado do chefe familiar. Ligeiramente acoado, Cassano retorna para sua terra natal em busca de um tesouro que o ajudará sumir do mapa e recomeçar a sua vida.

O grande problema por trás desse pequeno sonho é que o tal tesouro (a bilionária herança em ouro de um magnata chinês) está guardado em um cofre secreto, enterrado na estrutura de base de um prédio comercial-residencial. Para retirar o ouro, Vincenzo precisará realocar todos os inquilinos e derrubar o edifício, algo que rapidamente se mostrará como uma missão quase impossível.

 

Drama do Ano

Distribuído internacionalmente pela Netflix, Vincenzo sabe como dosar seus personagens de forma sóbria. Cada indivíduo tem o seu respectivo arco, ao mesmo tempo em que suas histórias se entrelaçam diretamente à narrativa central do programa. Assim, cada ator tem um momento especial para brilhar e trazer um pedaço das diferentes cores que compõe a série.

Une-se a isso o equilíbrio perfeito entre o thriller do gênero criminal, a leveza da comédia e a emoção por trás do drama. Juntos, o combo dá ao show uma identidade própria e o torna atraente e estimulante, sendo impulsionado pelo carisma do protagonista anti-herói mafioso e de toda a sua trupe de seguidores e inimigos.

  • Save

MÚSICA
Os doramas são sempre acompanhados de uma música-tema, conhecida como OST. Para Vincenzo, a faixa Adrenaline é cantada em duas versões. A primeira, em inglês, é apresentada por Solar, integrante do grupo de k-pop MAMAMOO, enquanto a versão italiana fica por conta da solista Aalia.

Inclusive, uma das coisas que faz de Vincenzo tão encantador é toda a dinâmica caótica que rapidamente se instaura no drama. Os moradores-comerciantes do Geumga Plaza são figuras peculiares que irão virar uma pedra incômoda nos sapatos italianos de Vincenzo, que terá que aprender não só a navegar cada uma dessas personalidades, mas, de alguma forma, ganhar suas respectivas confianças para seu plano ser bem sucedido.

Paralelo a este problema, os moradores do Geumga Plaza terão o seu próprio obstáculo, em um arco que coloca como centro uma famosa firma de advogados e um poderoso conglomerado industrial, com personagens narcisistas, egocêntricos e psicopatas — o completo oposto dos divertidos e benevolentes moradores do prédio comercial.

  • Save

 

V de Vitória

Para os que não acompanham com proximidade a indústria sul-coreana, Vincenzo é a perfeita oportunidade para entender o motivo pelo qual Song Joong-ki é um dos atores mais bem pagos do cinema nacional. Seu Vincenzo é genialmente contido e dono de uma áurea enigmática. Somado às outras nuances que o ator introduz ao papel, o personagem-título transforma-se no anti-herói mais heróico da televisão, daqueles que o público não encontra problema algum em justificar suas ações (por mais frias que sejam).

Jeon Yeo-been traz leveza para tela. A advogada Hong Cha-young é uma mulher de energia peculiar e uma figura interessante para um ambiente profissional tão masculino. Sua relação com Vincenzo fazem com que o telespectador possa ir desvendando novas camadas de ambas as histórias, enquanto a personagem cresce cada vez mais durante os episódios — situação muito similar com a de Jang Han-seo (Kwak Dong-yeon), o apaixonante e solitário CEO do conglomerado Grupo Babel.

Porém, o grande destaque fica com Ok Taec-yeon. O ator, membro do consagrado grupo de k-pop 2PM, é o responsável por roubar a cena com a sua atuação monstruosa e de inimagináveis reviravoltas. Jang Jun-woo é o papel de sua vida. O carisma do personagem, que constrasta categoricamente com o de Vincenzo, assim como o seu timing cômico, gerado pela americanização de sua personalidade, levam os holofotes para o assistente jurídico de forma constante. Seu crescimento é exponencial.

  • Save
Vincenzo e Cha-young

Como um todo, Vincenzo é um incrível achado para os amantes de seriados. Divertido, assustador, de tirar o fôlego, engraçado, emocional e apaixonante, a produção é viciante do primeiro ao último episódio. E enquanto arrisca em uma narrativa um tanto não-convencional, que no final é surpreendentemente certeira, É a pedida por encomenda para os amantes de qualquer gênero citado até então. Difícil arrepender.

vics

Tem 25 anos, é formado em Jornalismo e tem uma pós em Comunicação e Marketing. É um dos criadores do projeto, colaborando com matérias sempre que tem uma boa pauta em mãos.

Em 2020, passou 48 dias assistindo Séries usando a desculpa de escrever pra revista e outros 11 dias assistindo Filmes, deitando pra indústria dos blockbusters. Não leu nenhum Livro, mas foram 48 dias reproduzindo Música e fingindo estar dublando pelo próprio legado. ✨

Back To Top
Right Menu Icon
Share via
Copy link
Powered by Social Snap