fbpx
criador da revista — colab de texto
vics

É de 1995, virginiano, gay que atende por qualquer pronome e formado em Jornalismo com pós em Comunicação e Marketing. Criou a ZINT em 2017 — desde então, colabora com matérias sempre que tem uma boa pauta e cuida do visual do Colaborativo.

Em 2021, assistiu 69 Filmes e 133 Séries. Leu 1 Livro e desde que começou a quarentena já catalogou 620 álbuns reproduzidos (e contando!) enquanto dubla pelo seu legado. ✨

Colaborações

“Thor: Amor e Trovão” é um pouco dual, por vezes soando demais como “Regnarok” e por vezes mostrando ser capaz de brilhar sozinho.

Em mais um acerto, SEVENTEEN dá início a uma nova com “Face the Sun”, um álbum cheio de músicas marcantes e um conceito claro e direto.

“Erro Semântico” constrói o próprio legado em um BL sul-coreano bem produzido e uma história carismática e viciante.

Em sua primeira temporada, “O Livro de Boba Fett” vai para lugar nenhum e prova a insustentabilidade de seu personagem-título.

“AGUILERA” é um retorno triunfal de Christina Aguilera para a música latina, após 22 anos de seu último álbum

No encontro anual do NCT, o grupo entrega um álbum de fortes expoentes de sua identidade musical e audiovisual.

Em seu segundo projeto solo, “Peaches”, KAI continua construindo sua identidade como artista solo em um disco de suavidade controlada.

“Novo Mundo” é um experimento social mascarado como um divertido programa de variedades cheio de identidade e personalidade.

“EGO”, episódio do “GOING SEVENTEEN”, mostra a aptidão que o SEVENTEEN tem para programas de variedade de forma inovadora e misteriosa.

“Fundação”, série da Apple TV+, é um espetáculo visual baseado na instigante história de ficção-científica de Isaac Asimov.

“The Red Sleeve” entrega um drama histórico que vai além do romance e discute questões de gênero de forma simples e terna.

Quebrando expectativas e esteriótipos, “Bad Buddy” é uma envolvente história de romance gay com os dois pés no chão.

“Eternos” promete muito e entrega pouco, em um filme que tenta forçar demais a ligação familiar em personagens pouco inspirados.

Com um roteiro simples, “As Células de Yumi” dá asas à imaginação para um drama extraordinariamente relacionável.

Com “ALPHA”, CL não deixa espaço para qualquer dúvida sobre seus talentos, em um trabalho musical arrojado do início ao fim.

“Attacca” mostra a capacidade do SEVENTEEN em se reinventar sem perder a identidade, em mais um álbum arrojado.

“Free Guy: Assumindo o Controle” é uma deliciosa supresa, em um filme que sabe brincar com o seu universo de forma humorada.

Apesar de erro com a Title, “STICKER” acaba sendo mais um trabalho arrojado do NCT 127, que segue mostrando diferentes e concisas cores.

“Blue Letter” é o respiro que WONHO precisava, mostrando um lado mais leve de sua personalidade em meio a composição direcionada aos fãs.

Com “NOEASY”, Stray Kids mostra novas facetas e a capacidade de continuar se renovando sem perder a identidade.

“The Devil Judge” é um produto televisivo arrojado, capaz de fazer críticas sociais arrojadas, personagens complexos e atuações certeiras.

Para a temporada final, “Pose” parece deixar tudo para trás e focar em uma temporada sobre “aquilo que poderia ser”.

Em seu oitavo mini-álbum, “Your Choice”, SEVENTEEN vai ainda mais longe e expande o seu próprio conceito através de histórias de amor.

“Vincenzo” triunfa não só na narrativa, mas pelos personagens carismáticos e uma dosagem equilibrada entre o drama, o romance e a comédia.

“Cruella” tem personalidade suficiente para justificar a história de origem da vilã, mesmo que o filme seja um tanto previsível.

Com o mini-álbum “ADVICE”, TAEMIN segue mostrando suas cores em conceitos que se estendem para o audiovisual e um show global online.

Em um drama forte e emocional, “Navillera” é uma belíssima história seriada sobre alcançar os seus mais profundos sonhos e construir laços.

“Friends: The Reunion” consegue emocionar e trazer lembranças de um glorioso passado, mesmo em seu formato confuso e desconexo.

Com o “All I Know So Far”, P!nk discorre sobre a ligação de sua vida pessoal e artística em um documentário musical não tão híbrido.

Com seu segundo mini-álbum, WONHO segue entregando produções próprias e cheias de personalidade, dando foco especial na conexão com os fãs.

“Framing Britney Spears” é um interessante olhar na conservadoria que rege a vida de Britney Spears e fomenta um movimento global de fãs.

“Color Rush” é um drama BL de qualidade, utilizando de um teor fantástico para criar um romance gay sólido e cheio de nuances e camadas.

“A Descoberta das Bruxas” vai além do amor proibido entre uma bruxa e um vampiro, criando uma instigante série de universo sólido.

Com terceira temporada, “Star Trek: Discovery” derrapa e entrega abaixo do esperado, mesmo com uma interessante adição de enredos e personagens.

“Mulher-Maravilha 1984” segue o legado sólido de sua protagonista, em uma produção bem polida que mistura referências, esperança e carisma.

“Mulher-Maravilha 1984” consegue ser tão grandioso quanto o seu primeiro capítulo, em um filme repleto de referências, homenagens e esperança.

O The Pussycat Dolls é um dos grupos de maior sucesso mundial, celebrando quase duas décadas com alguns dos maiores hits da música pop.

Em seu primeiro mini-álbum como cantor solo, Wonho foca em mostrar aos fãs sua própria personalidade, apostando em letras e batidas fortes.

“This Is Paris” apresenta Paris Hilton sob uma íntima e interessante perspectiva, em um documentário que mostra a pessoa por trás da persona.

Ao longo de sete anos, “Agentes da S.H.I.E.L.D.” entrega uma narrativa emocionante, que curiosamente começa marcada por uma série chata e batida.

“Patrulha do Destino” é uma surpresa bastante positiva, em uma série que mistura o sobrenatural, o imprevisíveis e o drama cômico.

“Smile” é o resultado da visão positiva que Katy Perry tem de sua própria vida, em um álbum de músicas fortes e mensagem direta aos fãs.

“Legendary” estreia levando o Vogue para uma competição global de Casas, em um reality cheio de personalidade e unidade.

“We’re Here” leva para a HBO três drag queens de renome, em uma série documental carismática que garante divertimento e visibilidade.

“Bionic”, um dos maiores desastres comerciais de Christina Aguilera, é uma turbulenta história de ostracismo e teorias de conspiração.

Em seu terceiro ano, “Westworld” se perde dentro do Novo Mundo, mas ainda entrega uma produção elevada com atuações fortes e direção afiada.

Em seu álbum de estreia, “These Two Windows”, Alec Benjamin canta sobre ser humano, em letras íntimas que ganham vida com sua voz serena.

“Paris is Burning” completa 30 anos, consolidando-se como um documentário de extrema importância para a história da comunidade LGBTQIAP+.

“Liga da Justiça Sombria: Guerra de Apokolips” finaliza o primeiro universo animado da DC em um filme cheio de emoção e personalidade.

Em quatro episódios, “RuPaul’s Secret Celebrity Drag Race” recruta celebridades para competir no formato do premiado programa liderado por RuPaul.

Mariah Carey completa três décadas de intenso sucesso, que a tornaram uma das cantoras de maior sucesso da história da música.

“Making the Cut” tenta inovar no formato estabelecido pelo trabalho de seus próprios criadores, mas parece nem mesmo entender a sua proposta.

Com segundo álbum, Dua Lipa continua entregando poderosas composições, transformando o “Future Nostalgia” em um verdadeiro pop perfection.

Apresentado pelos carismáticos Tan France e Alexa Chung, “Next in Fashion” é um reality show de moda cheio de identidade e participantes talentosos.

Com o “III”, Pabllo Vittar experimenta e entrega um álbum trilíngue, marcado pelo eletrônico e participações de peso como o de Ivete Sangalo.

“The Circle” triunfa ao apresentar uma ideia inovadora, embalado em um reality show cheio de carisma, identidade e entretenimento puro.

Com o mega crossover, o Arrowverse adaptou um importante arco dos quadrinhos, realizando drásticas mudanças no universo ficcional.

O Colab vics faz a retrospectiva do seu ano de 2019, destacando sua jornada cultural com a Música, as Séries e os Filmes.

“Frozen 2” estreia com uma história mais adulta, em um filme mais obscuro e uma jornada ainda mais desafiadora para suas protagonistas.

Com Zack Snyder fora da Warner/DC, #ReleaseTheSnyderCut é sobre uma única coisa: a Versão do Diretor para “Liga da Justiça” (2017).

A franquia “As Panteras” ganha, em 2019, um filme divertido, em uma trajetória que nasceu na década de 1960 na televisão norte-americana.

“Titãs” estreia a segunda temporada com grande potencial e atuações fortes, mas volta a falhar com alguns aspectos de sua narrativa.

Celebrando o Mês da Consciência Negra, compilamos uma lista produções e álbuns visuais produzidos por artistas negros.

“As Panteras” triunfa por ser um filme bem executado, com um trio de protagonistas fortes e um longa engraçado e cheio de ação.

Na música ou na televisão, Cheryl é um dos nomes mais influentes do Reino Unido, com uma carreira solo que já dura 10 anos.

Becky G finalmente entrega seu álbum de estreia, “MALA SANTA”, com uma sonoridade sólida repleta de pop latino e baladas dançantes.

“Pennyworth” leva o público para a juventude do mordomo mais conhecido do mundo para contar sua história pré-Bruce Wayne.

“Why Women Kill” é uma divertida série estrelada por três mulheres, em uma história que busca entender o que leva uma mulher a cometer assassinato.

Christina Aguilera comemora 20 anos de carreira, com uma trajetória sólida e de sucesso, colocando-a como A Voz da Geração.

“Good Omens” é uma genial série da Amazon Prime que usa das histórias bíblicas para construir uma divertida aventura contra o Apocalipse.

“The Bold Type” entrega uma série importante para o mundo atual, exemplificando o feminismo através de três amigas e uma revista de moda.

Dentre todos os super-heróis já criados, o Batman é, possivelmente, o personagem que mais rendeu adaptações de seu universo, seja para a TV ou para o cinema. Não importa se o produto em questão vai ser estrelado por Bruce Wayne (como a série original e a trilogia dirigida por Christopher Nolan), por seus coadjuvantes (as…

Para bellum. Guerra. John Wick (Keanu Reeves) está de volta e precisa arcar com as consequênicas de suas ações. Após quebrar uma das regras mais valiosas do mundo que o cerca, matando seu inimigo dentro das paredes do sagrado Hotel Continental de Nova Iorque, Wick é ex-comungado, precisando sobreviver a todos que cruzam o seu…

“Star Trek: Discovery” adiciona um novo capítulo a franquia e sua segunda temporada vem cheia de referências enquanto estabelece o seu próprio caminho. Nota do Colab: este texto contém spoilers. Star Trek é, possivelmente, a série de ficção científica mais famosa e cultuada ao redor do mundo. Frases como “Vida longa e próspera” e “Espaço,…

Lizzo lança seu terceiro disco, “Cuz I Love You”, apostando em uma mensagem de empoderamento e amor próprio, contando um pouco de sua própria história. O número musical que abriu a turnê de HAIM e Florence + the Machine. A convidada especial de Janelle Monáe no set do Coachella 2019. Nos palcos, Melissa Viviane Jefferson…

“One Day at a Time” estreia sua terceira temporada em 2019. Se você tem dúvidas se deve assistir, listamos algumas razões para sanar seus questionamentos! A terceira temporada de One Day at a Time estreia hoje na Netflix, contando o dia-a-dia de uma família latino-americana, especificamente de Cuba, vivendo nos Estados Unidos. Sendo um reboot…

Em novo ano, “Doctor Who” troca o gênero de sua personagem principal e embarga em aventuras que evocam o espírito familiar e o sentimento de nostalgia Nota do Colab: este texto contém leves spoilers.   Não são muitas as séries que conseguem atingir uma grande longevidade na televisão. Chegar ao centésimo episódio é um marco…

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou no dia 22 de janeiro os indicados à 91ª edição do The Academy Awards. Em 2018, o Oscar acontecerá no dia 24 de fevereiro, com transmissão ao vivo no Brasil pela TNT, a partir das 22h. Neste ano, o evento não terá um apresentador. Confira a lista de cada categoria abaixo. Os…

Ariana Grande prova, com sua nova fase “thank u, next”, que não tem medo de evoluir, lançando faixas de estrondoso sucesso em todos os cantos do mundo.

A minha vida gira, praticamente, em torno do mundo do Entretenimento, estando frequentemente assistindo a um filme, uma série, ou escutado música. E trabalhando com blogs há quase uma década, listinhas de final de ano estão dentro do hábito – ano passado eu fiz a minha aqui pra ZINT. ✨ Meu Ano com Música 🎧 Sendo um ávido…

“Titãs” é o carro-chefe da DC Universe, dando uma roupagem mais adulta para os Jovens Titãs em uma temporada de tirar do fôlego.

Mariah Carey lança o álbum “Caution”, misturando a sonoridade de seus projetos antigos com sons atuais, entregando um disco memorável.

Little Mix fecha o ano de 2018 com o álbum “LM5”, cuja mensagem central é carregada de empoderamento feminino e autoafirmação. Nota do Colab: este texto é escrito em colaboração com a colab Stephanie Torres. Há cerca de vinte anos o cenário musical era muito diferente. O final da década de 90 e o início…

Alec Benjamin lança sua primeira mixtape, “Narrated For You”, provando ser um talentoso compositor ao narrar histórias altamente relacionáveis.

Sabrina Spellman e sua família de bruxos ganham uma repaginação com a estreia da série “O Mundo Sombrio de Sabrina”, assinada pela Netflix.

Cher é uma verdadeira lenda viva com a sua carreira que já perdura 50 anos. Dona de um dos maiores hits da música, ela termina 2018 com novo álbum e turnê. Cherilyn Sarkisian talvez seja um nome que se um dia ouvisse, não reconheceria – mas eu garanto que você sabe quem é. Dona de…

“Fringe” completa, em 2018, os 10 anos do seu primeiro episódio, explorando da ficção científica para contar histórias sobre a ciência de fronteira.

Amy Poehler e Nick Offerman se unem para apresentar “Making It”, um divertido reality show onde os participantes são artistas de DIY.

“Sex and the City” completa 20 anos como uma das séries mais influentes da televisão, principalmente quando o quesito é moda e desinibição sexual. Nota do Colab: Este texto, que contém diversos spoilers, é uma colaboração entre Carolina Cassese e vics.   Há 20 anos, o público norte-americano conhecia um quarteto icônico: Carrie, Charlotte, Miranda…

“Queer Eye” retorna para seu segundo ano continuando o incrível trabalho dos Fabulosos, com novos Heróis para o público se apaixonar – e chorar.

Christina Aguilera quebra o hiato de seis anos com o “Liberation”, um álbum mais pessoal, retratando acontecimentos recentes de sua vida.

“Oito Mulheres e Um Segredo” não é nenhum divisor de águas, mas é um divertido filme com muita força feminina e atrizes com talento de sobra.

“Once Upon a Time” (Era Uma Vez, no Brasil) termina o ciclo de sua história dando o aguardado Felizes Para Sempre aos seus personagens.

Cardi B é um dos maiores nomes da música de 2018, em uma fama meteórica que lhe deu espaço para lançar seu álbum #1, “Invasion of Privacy”.

“Caçadores de Trolls” é uma série animada criada por Guillermo del Toro, em uma história divertida e envolvente que brinca com fantasia.

“The Good Place” faz um bom uso de seu tempo e número de episódios reduzidos para entregar uma das melhores comédias dos últimos tempos.

“American Crime Story” começa sua segunda temporada mostrando a força de seu elenco, em uma história focada no assassinato de Gianni Versace. Quando foi anunciada, The Assassination of Gianni Versace seria a terceira temporada do mais recente sucesso seriado de Ryan Murphy. Após o bem recebido e multi-premiado The People v. O.J. Simpson, a segunda temporada…

Com 2017 chegando ao fim, nosso criador vics publica as suas escolhas de “Melhores do Ano” na Música, Televisão e Filmes.

Com o lançamento do filme “Liga da Justiça”, fazemos um apanhado do caminho da Liga até chegar as telonas (com crítica do longa!).

Raven Baxter está de volta, resgatando a nostalgia de “As Visões da Raven” com o segundo spin-off da franquia: a divertida “A Casa da Raven”.

Christina Aguilera é um nome de peso do pop, sendo a voz por trás do famoso e influente álbum “Stripped”, que completou 15 anos em 2017.

Paloma Faith já tem quase uma década no mercado britânico, em uma carreira sólida, cheia de sucessos e muito bem premiada.

Nicki Minaj já está no mercado há 10 anos, com três mixtapes e quatro álbuns no repertório – além de alguns de seus músicas no Top 10.

“Full House” marcou gerações e foi uma das séries de comédia mais famosas da época, completando 30 anos com um revival em forma de spin-off.

“Inumanos” estreia mundialmente nas salas IMAX, com dois episódios em formato filme, provando que a série é um colossal erro da Marvel.

Em ascensão, Anne-Marie é uma cantora brtiânica com alguns singles no currrículo e featurings que vão de Clean Bandit a Nick Jonas.

Em ascensão, Bebe Rexha é uma cantora nova-iorquina com três EPs no currrículo e com featurings de Nicki Minaj, Lil Wayne e Louis Tomlinson, do One Direction.

“A Feiticeira” completa quase meio século como um dos ápices da televisão, entregando uma série divertida e familiar – mas cheia de crítica.

“Doctor Who” é um dos maiores clássicos da televisão mundial, com mais de 50 anos de história. Em 2018, a série estreia sua primeira Doutora.

Em sua primeira temporada, “FEUD” explora da rivalidade entre Joan Crawford e Bette Davis nos bastidores de “O Que Terá Acontecido Com Baby Jane?”.

Em junho de 2017, o livro “Harry Potter e a Pedra Filosofal” comemorou 20 anos, dando início a uma das maiores franquias culturais do mundo.

Usando de alienígenas e teorias de conspiração, a consagrada série “The X Files” comemorou em 2017 os 15 anos de seu (primeiro) fim.

Qveen Herby é o atual projeto musical do daring-est duo Karmin. Com o novo projeto, apresentamos o trabalho da artista em uma linha temporal.

Com 75 anos de história, a Mulher-Maravilha é o Especial que faz a trajetória da personagem desde sua criação até o primeiro filme solo.

vics
criador da revista
colab de texto

É de 1995, virginiano, gay que atende por qualquer pronome e formado em Jornalismo com pós em Comunicação e Marketing. Criou a ZINT em 2017 — desde então, colabora com matérias sempre que tem uma boa pauta e cuida do visual do Colaborativo.

Em 2021, assistiu 69 Filmes e 133 Séries. Leu 1 Livro e desde que começou a quarentena já catalogou 620 álbuns reproduzidos (e contando!) enquanto dubla pelo seu legado. ✨

Colaborações

“Thor: Amor e Trovão” é um pouco dual, por vezes soando demais como “Regnarok” e por vezes mostrando ser capaz de brilhar sozinho.

Em mais um acerto, SEVENTEEN dá início a uma nova com “Face the Sun”, um álbum cheio de músicas marcantes e um conceito claro e direto.

“Erro Semântico” constrói o próprio legado em um BL sul-coreano bem produzido e uma história carismática e viciante.

Em sua primeira temporada, “O Livro de Boba Fett” vai para lugar nenhum e prova a insustentabilidade de seu personagem-título.

“AGUILERA” é um retorno triunfal de Christina Aguilera para a música latina, após 22 anos de seu último álbum

No encontro anual do NCT, o grupo entrega um álbum de fortes expoentes de sua identidade musical e audiovisual.

Em seu segundo projeto solo, “Peaches”, KAI continua construindo sua identidade como artista solo em um disco de suavidade controlada.

“Novo Mundo” é um experimento social mascarado como um divertido programa de variedades cheio de identidade e personalidade.

“EGO”, episódio do “GOING SEVENTEEN”, mostra a aptidão que o SEVENTEEN tem para programas de variedade de forma inovadora e misteriosa.

“Fundação”, série da Apple TV+, é um espetáculo visual baseado na instigante história de ficção-científica de Isaac Asimov.

“The Red Sleeve” entrega um drama histórico que vai além do romance e discute questões de gênero de forma simples e terna.

Quebrando expectativas e esteriótipos, “Bad Buddy” é uma envolvente história de romance gay com os dois pés no chão.

“Eternos” promete muito e entrega pouco, em um filme que tenta forçar demais a ligação familiar em personagens pouco inspirados.

Com um roteiro simples, “As Células de Yumi” dá asas à imaginação para um drama extraordinariamente relacionável.

Com “ALPHA”, CL não deixa espaço para qualquer dúvida sobre seus talentos, em um trabalho musical arrojado do início ao fim.

“Attacca” mostra a capacidade do SEVENTEEN em se reinventar sem perder a identidade, em mais um álbum arrojado.

“Free Guy: Assumindo o Controle” é uma deliciosa supresa, em um filme que sabe brincar com o seu universo de forma humorada.

Apesar de erro com a Title, “STICKER” acaba sendo mais um trabalho arrojado do NCT 127, que segue mostrando diferentes e concisas cores.

“Blue Letter” é o respiro que WONHO precisava, mostrando um lado mais leve de sua personalidade em meio a composição direcionada aos fãs.

Com “NOEASY”, Stray Kids mostra novas facetas e a capacidade de continuar se renovando sem perder a identidade.

“The Devil Judge” é um produto televisivo arrojado, capaz de fazer críticas sociais arrojadas, personagens complexos e atuações certeiras.

Para a temporada final, “Pose” parece deixar tudo para trás e focar em uma temporada sobre “aquilo que poderia ser”.

Em seu oitavo mini-álbum, “Your Choice”, SEVENTEEN vai ainda mais longe e expande o seu próprio conceito através de histórias de amor.

“Vincenzo” triunfa não só na narrativa, mas pelos personagens carismáticos e uma dosagem equilibrada entre o drama, o romance e a comédia.

“Cruella” tem personalidade suficiente para justificar a história de origem da vilã, mesmo que o filme seja um tanto previsível.

Com o mini-álbum “ADVICE”, TAEMIN segue mostrando suas cores em conceitos que se estendem para o audiovisual e um show global online.

Em um drama forte e emocional, “Navillera” é uma belíssima história seriada sobre alcançar os seus mais profundos sonhos e construir laços.

“Friends: The Reunion” consegue emocionar e trazer lembranças de um glorioso passado, mesmo em seu formato confuso e desconexo.

Com o “All I Know So Far”, P!nk discorre sobre a ligação de sua vida pessoal e artística em um documentário musical não tão híbrido.

Com seu segundo mini-álbum, WONHO segue entregando produções próprias e cheias de personalidade, dando foco especial na conexão com os fãs.

“Framing Britney Spears” é um interessante olhar na conservadoria que rege a vida de Britney Spears e fomenta um movimento global de fãs.

“Color Rush” é um drama BL de qualidade, utilizando de um teor fantástico para criar um romance gay sólido e cheio de nuances e camadas.

“A Descoberta das Bruxas” vai além do amor proibido entre uma bruxa e um vampiro, criando uma instigante série de universo sólido.

Com terceira temporada, “Star Trek: Discovery” derrapa e entrega abaixo do esperado, mesmo com uma interessante adição de enredos e personagens.

“Mulher-Maravilha 1984” segue o legado sólido de sua protagonista, em uma produção bem polida que mistura referências, esperança e carisma.

“Mulher-Maravilha 1984” consegue ser tão grandioso quanto o seu primeiro capítulo, em um filme repleto de referências, homenagens e esperança.

O The Pussycat Dolls é um dos grupos de maior sucesso mundial, celebrando quase duas décadas com alguns dos maiores hits da música pop.

Em seu primeiro mini-álbum como cantor solo, Wonho foca em mostrar aos fãs sua própria personalidade, apostando em letras e batidas fortes.

“This Is Paris” apresenta Paris Hilton sob uma íntima e interessante perspectiva, em um documentário que mostra a pessoa por trás da persona.

Ao longo de sete anos, “Agentes da S.H.I.E.L.D.” entrega uma narrativa emocionante, que curiosamente começa marcada por uma série chata e batida.

“Patrulha do Destino” é uma surpresa bastante positiva, em uma série que mistura o sobrenatural, o imprevisíveis e o drama cômico.

“Smile” é o resultado da visão positiva que Katy Perry tem de sua própria vida, em um álbum de músicas fortes e mensagem direta aos fãs.

“Legendary” estreia levando o Vogue para uma competição global de Casas, em um reality cheio de personalidade e unidade.

“We’re Here” leva para a HBO três drag queens de renome, em uma série documental carismática que garante divertimento e visibilidade.

“Bionic”, um dos maiores desastres comerciais de Christina Aguilera, é uma turbulenta história de ostracismo e teorias de conspiração.

Em seu terceiro ano, “Westworld” se perde dentro do Novo Mundo, mas ainda entrega uma produção elevada com atuações fortes e direção afiada.

Em seu álbum de estreia, “These Two Windows”, Alec Benjamin canta sobre ser humano, em letras íntimas que ganham vida com sua voz serena.

“Paris is Burning” completa 30 anos, consolidando-se como um documentário de extrema importância para a história da comunidade LGBTQIAP+.

“Liga da Justiça Sombria: Guerra de Apokolips” finaliza o primeiro universo animado da DC em um filme cheio de emoção e personalidade.

Em quatro episódios, “RuPaul’s Secret Celebrity Drag Race” recruta celebridades para competir no formato do premiado programa liderado por RuPaul.

Mariah Carey completa três décadas de intenso sucesso, que a tornaram uma das cantoras de maior sucesso da história da música.

“Making the Cut” tenta inovar no formato estabelecido pelo trabalho de seus próprios criadores, mas parece nem mesmo entender a sua proposta.

Com segundo álbum, Dua Lipa continua entregando poderosas composições, transformando o “Future Nostalgia” em um verdadeiro pop perfection.

Apresentado pelos carismáticos Tan France e Alexa Chung, “Next in Fashion” é um reality show de moda cheio de identidade e participantes talentosos.

Com o “III”, Pabllo Vittar experimenta e entrega um álbum trilíngue, marcado pelo eletrônico e participações de peso como o de Ivete Sangalo.

“The Circle” triunfa ao apresentar uma ideia inovadora, embalado em um reality show cheio de carisma, identidade e entretenimento puro.

Com o mega crossover, o Arrowverse adaptou um importante arco dos quadrinhos, realizando drásticas mudanças no universo ficcional.

O Colab vics faz a retrospectiva do seu ano de 2019, destacando sua jornada cultural com a Música, as Séries e os Filmes.

“Frozen 2” estreia com uma história mais adulta, em um filme mais obscuro e uma jornada ainda mais desafiadora para suas protagonistas.

Com Zack Snyder fora da Warner/DC, #ReleaseTheSnyderCut é sobre uma única coisa: a Versão do Diretor para “Liga da Justiça” (2017).

A franquia “As Panteras” ganha, em 2019, um filme divertido, em uma trajetória que nasceu na década de 1960 na televisão norte-americana.

“Titãs” estreia a segunda temporada com grande potencial e atuações fortes, mas volta a falhar com alguns aspectos de sua narrativa.

Celebrando o Mês da Consciência Negra, compilamos uma lista produções e álbuns visuais produzidos por artistas negros.

“As Panteras” triunfa por ser um filme bem executado, com um trio de protagonistas fortes e um longa engraçado e cheio de ação.

Na música ou na televisão, Cheryl é um dos nomes mais influentes do Reino Unido, com uma carreira solo que já dura 10 anos.

Becky G finalmente entrega seu álbum de estreia, “MALA SANTA”, com uma sonoridade sólida repleta de pop latino e baladas dançantes.

“Pennyworth” leva o público para a juventude do mordomo mais conhecido do mundo para contar sua história pré-Bruce Wayne.

“Why Women Kill” é uma divertida série estrelada por três mulheres, em uma história que busca entender o que leva uma mulher a cometer assassinato.

Christina Aguilera comemora 20 anos de carreira, com uma trajetória sólida e de sucesso, colocando-a como A Voz da Geração.

“Good Omens” é uma genial série da Amazon Prime que usa das histórias bíblicas para construir uma divertida aventura contra o Apocalipse.

“The Bold Type” entrega uma série importante para o mundo atual, exemplificando o feminismo através de três amigas e uma revista de moda.

Dentre todos os super-heróis já criados, o Batman é, possivelmente, o personagem que mais rendeu adaptações de seu universo, seja para a TV ou para o cinema. Não importa se o produto em questão vai ser estrelado por Bruce Wayne (como a série original e a trilogia dirigida por Christopher Nolan), por seus coadjuvantes (as…

Para bellum. Guerra. John Wick (Keanu Reeves) está de volta e precisa arcar com as consequênicas de suas ações. Após quebrar uma das regras mais valiosas do mundo que o cerca, matando seu inimigo dentro das paredes do sagrado Hotel Continental de Nova Iorque, Wick é ex-comungado, precisando sobreviver a todos que cruzam o seu…

“Star Trek: Discovery” adiciona um novo capítulo a franquia e sua segunda temporada vem cheia de referências enquanto estabelece o seu próprio caminho. Nota do Colab: este texto contém spoilers. Star Trek é, possivelmente, a série de ficção científica mais famosa e cultuada ao redor do mundo. Frases como “Vida longa e próspera” e “Espaço,…

Lizzo lança seu terceiro disco, “Cuz I Love You”, apostando em uma mensagem de empoderamento e amor próprio, contando um pouco de sua própria história. O número musical que abriu a turnê de HAIM e Florence + the Machine. A convidada especial de Janelle Monáe no set do Coachella 2019. Nos palcos, Melissa Viviane Jefferson…

“One Day at a Time” estreia sua terceira temporada em 2019. Se você tem dúvidas se deve assistir, listamos algumas razões para sanar seus questionamentos! A terceira temporada de One Day at a Time estreia hoje na Netflix, contando o dia-a-dia de uma família latino-americana, especificamente de Cuba, vivendo nos Estados Unidos. Sendo um reboot…

Em novo ano, “Doctor Who” troca o gênero de sua personagem principal e embarga em aventuras que evocam o espírito familiar e o sentimento de nostalgia Nota do Colab: este texto contém leves spoilers.   Não são muitas as séries que conseguem atingir uma grande longevidade na televisão. Chegar ao centésimo episódio é um marco…

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou no dia 22 de janeiro os indicados à 91ª edição do The Academy Awards. Em 2018, o Oscar acontecerá no dia 24 de fevereiro, com transmissão ao vivo no Brasil pela TNT, a partir das 22h. Neste ano, o evento não terá um apresentador. Confira a lista de cada categoria abaixo. Os…

Ariana Grande prova, com sua nova fase “thank u, next”, que não tem medo de evoluir, lançando faixas de estrondoso sucesso em todos os cantos do mundo.

A minha vida gira, praticamente, em torno do mundo do Entretenimento, estando frequentemente assistindo a um filme, uma série, ou escutado música. E trabalhando com blogs há quase uma década, listinhas de final de ano estão dentro do hábito – ano passado eu fiz a minha aqui pra ZINT. ✨ Meu Ano com Música 🎧 Sendo um ávido…

“Titãs” é o carro-chefe da DC Universe, dando uma roupagem mais adulta para os Jovens Titãs em uma temporada de tirar do fôlego.

Mariah Carey lança o álbum “Caution”, misturando a sonoridade de seus projetos antigos com sons atuais, entregando um disco memorável.

Little Mix fecha o ano de 2018 com o álbum “LM5”, cuja mensagem central é carregada de empoderamento feminino e autoafirmação. Nota do Colab: este texto é escrito em colaboração com a colab Stephanie Torres. Há cerca de vinte anos o cenário musical era muito diferente. O final da década de 90 e o início…

Alec Benjamin lança sua primeira mixtape, “Narrated For You”, provando ser um talentoso compositor ao narrar histórias altamente relacionáveis.

Sabrina Spellman e sua família de bruxos ganham uma repaginação com a estreia da série “O Mundo Sombrio de Sabrina”, assinada pela Netflix.

Cher é uma verdadeira lenda viva com a sua carreira que já perdura 50 anos. Dona de um dos maiores hits da música, ela termina 2018 com novo álbum e turnê. Cherilyn Sarkisian talvez seja um nome que se um dia ouvisse, não reconheceria – mas eu garanto que você sabe quem é. Dona de…

“Fringe” completa, em 2018, os 10 anos do seu primeiro episódio, explorando da ficção científica para contar histórias sobre a ciência de fronteira.

Amy Poehler e Nick Offerman se unem para apresentar “Making It”, um divertido reality show onde os participantes são artistas de DIY.

“Sex and the City” completa 20 anos como uma das séries mais influentes da televisão, principalmente quando o quesito é moda e desinibição sexual. Nota do Colab: Este texto, que contém diversos spoilers, é uma colaboração entre Carolina Cassese e vics.   Há 20 anos, o público norte-americano conhecia um quarteto icônico: Carrie, Charlotte, Miranda…

“Queer Eye” retorna para seu segundo ano continuando o incrível trabalho dos Fabulosos, com novos Heróis para o público se apaixonar – e chorar.

Christina Aguilera quebra o hiato de seis anos com o “Liberation”, um álbum mais pessoal, retratando acontecimentos recentes de sua vida.

“Oito Mulheres e Um Segredo” não é nenhum divisor de águas, mas é um divertido filme com muita força feminina e atrizes com talento de sobra.

“Once Upon a Time” (Era Uma Vez, no Brasil) termina o ciclo de sua história dando o aguardado Felizes Para Sempre aos seus personagens.

Cardi B é um dos maiores nomes da música de 2018, em uma fama meteórica que lhe deu espaço para lançar seu álbum #1, “Invasion of Privacy”.

“Caçadores de Trolls” é uma série animada criada por Guillermo del Toro, em uma história divertida e envolvente que brinca com fantasia.

“The Good Place” faz um bom uso de seu tempo e número de episódios reduzidos para entregar uma das melhores comédias dos últimos tempos.

“American Crime Story” começa sua segunda temporada mostrando a força de seu elenco, em uma história focada no assassinato de Gianni Versace. Quando foi anunciada, The Assassination of Gianni Versace seria a terceira temporada do mais recente sucesso seriado de Ryan Murphy. Após o bem recebido e multi-premiado The People v. O.J. Simpson, a segunda temporada…

Com 2017 chegando ao fim, nosso criador vics publica as suas escolhas de “Melhores do Ano” na Música, Televisão e Filmes.

Com o lançamento do filme “Liga da Justiça”, fazemos um apanhado do caminho da Liga até chegar as telonas (com crítica do longa!).

Raven Baxter está de volta, resgatando a nostalgia de “As Visões da Raven” com o segundo spin-off da franquia: a divertida “A Casa da Raven”.

Christina Aguilera é um nome de peso do pop, sendo a voz por trás do famoso e influente álbum “Stripped”, que completou 15 anos em 2017.

Paloma Faith já tem quase uma década no mercado britânico, em uma carreira sólida, cheia de sucessos e muito bem premiada.

Nicki Minaj já está no mercado há 10 anos, com três mixtapes e quatro álbuns no repertório – além de alguns de seus músicas no Top 10.

“Full House” marcou gerações e foi uma das séries de comédia mais famosas da época, completando 30 anos com um revival em forma de spin-off.

“Inumanos” estreia mundialmente nas salas IMAX, com dois episódios em formato filme, provando que a série é um colossal erro da Marvel.

Em ascensão, Anne-Marie é uma cantora brtiânica com alguns singles no currrículo e featurings que vão de Clean Bandit a Nick Jonas.

Em ascensão, Bebe Rexha é uma cantora nova-iorquina com três EPs no currrículo e com featurings de Nicki Minaj, Lil Wayne e Louis Tomlinson, do One Direction.

“A Feiticeira” completa quase meio século como um dos ápices da televisão, entregando uma série divertida e familiar – mas cheia de crítica.

“Doctor Who” é um dos maiores clássicos da televisão mundial, com mais de 50 anos de história. Em 2018, a série estreia sua primeira Doutora.

Em sua primeira temporada, “FEUD” explora da rivalidade entre Joan Crawford e Bette Davis nos bastidores de “O Que Terá Acontecido Com Baby Jane?”.

Em junho de 2017, o livro “Harry Potter e a Pedra Filosofal” comemorou 20 anos, dando início a uma das maiores franquias culturais do mundo.

Usando de alienígenas e teorias de conspiração, a consagrada série “The X Files” comemorou em 2017 os 15 anos de seu (primeiro) fim.

Qveen Herby é o atual projeto musical do daring-est duo Karmin. Com o novo projeto, apresentamos o trabalho da artista em uma linha temporal.

Com 75 anos de história, a Mulher-Maravilha é o Especial que faz a trajetória da personagem desde sua criação até o primeiro filme solo.

Right Menu Icon