Bem-vindos ao Novo Mundo

Bem-vindos Ao Novo Mundo

“Outlander” traz uma quarta temporada instável, marcado por grandes momentos esperados pelo público e cenas polêmicas e desconfortáveis.


Nota da Colab: este texto contém spoilers.

 

EExibida originalmente no canal Starz (e pelo Fox Premium 1, aqui no Brasil), Outlander é uma série que vem conquistando uma legião de fãs. A trama conta uma história de amor através dos séculos entre Claire (Caitriona Balfe) e Jamie Fraser (Sam Heughan). Depois de lutarem para ficar juntos, a série retorna em sua quarta temporada, apresentando novos desafios para o casal.

Os acontecimentos da quarta temporada se passam pouco tempo depois do final da terceira. Após o naufrágio do navio em que os Fraser viajavam, indo da Jamaica para a Escócia, Claire, Jamie, Fergus (César Domboy), Marsali (Lauren Lyle) e o Jovem Ian (John Bell) descobrem estar na América do Norte, especificamente no Novo Mundo – que, há alguns anos dalí, passaria por uma Revolução rebatizando-o para Estados Unidos das Américas. A situação pode não ser muito favorável, mas o importante é que eles permanecem juntos e unidos.

 

América, a Grande

  • Save

“Admirai o Novo Mundo”

Voltar para a Escócia pode ser um pouco complicado, de forma que eles decidem se estabelecer na colônia americana e tentar a sorte por lá. Em um primeiro momento, o grupo decide morar na propriedade da tia Jocasta (Maria Doyle Kennedy),  irmã da mãe de Jamie. A oportunidade de prosperar por lá é muito grande, ainda mais que tia Jocasta deposita muita confiança nos serviços de Jamie, mas a escravidão presente na propriedade se torna um grande empecilho. Por ter a mentalidade do século XX e ser uma mulher à frente de seu tempo (figuradamente e literalmente), Claire se posiciona constantemente contra a escravidão. Para ela, essa é uma prática desumana e que deveria ser abolida.

Dessa forma, o casal começa a procura por uma nova terra onde eles possam se estabelecer e construir uma nova vida. É assim que surge a Fraser’s Rigde. A tarefa de construir uma nova casa pode ser exaustiva, mas não foi um dos maiores desafios enfrentados por Claire e Jamie. Depois de tudo que passaram, a perspectiva de uma nova vida, em uma nova terra, é uma ideia agradável – mesmo que eles saibam que restam poucos anos para a Revolução Americana, e que Jamie, por ter aceitado terras da Sua Majestade, provavelmente será convocado para lutar pela Coroa.

  • Save

Paralelamente, em 1969, o público de Outlander tem a oportunidade de acompanhar a vida de Brianna (Sophie Skelton), filha de Claire e Jamie. A jovem adulta vem fazendo o melhor para seguir com sua vida desde que se separou de sua mãe (quando, na terceira temporada, Claire voltou para o passado, para reencontrar Jamie), mas percebe que o sofrimento é inevitável. Ela está orfã de seu pai e sem a presença da mãe na mesma época. É nesse momento conturbado que Brianna se aproxima de Roger (Richard Rankin). Enquanto ele está completamente apaixonado por ela, Brianna se sente confusa e tem medo de entregar totalmente à ele, com a relação dos dois logo sendo colocada a prova quando Brianna decide ir, em segredo, para o século XVIII na tentativa de encontrar com seus pais e alertá-los de um incêndio que pode causar suas mortes.

 

Família Reunida, Polêmicas a Parte

Por mais que Brianna seja uma jovem destemida, com o espírito de uma verdadeira guerreira das Terras Altas e teimosa como seu pai, Jamie, se aventurar no passado não é uma tarefa nada fácil. Até conseguir se reencontrar com seus pais, Brianna percorre uma longa trajetória (em um arco que traz brevemente personagens antigos) e enfrentar alguns perigos pelo caminho (mostrando a grande ironia sadística do destino).

Mas é nessa história que Outlander dá a oportunidade de Brianna ter o primeiro contato com Jamie, em um arco narrativo marcado por grandes altos e baixos e, claro, cheio de expectativas e muito esperado pelos fãs. Mas o que era para ser um encontro emocionante entre pai e filha, acaba ficando algo meio “frio” na concepção de alguns telespectadores, que esperavam um pouco mais de emoção. Porém, a cena chega a ser compreensível quando se leva em conta o contexto de que Brianna e Jamie acreditavam profundamente que só a ideia de se conhecerem seria completamente impossível – ele não tem a capacidade de viajar no tempo, e ela nunca havia planejado passar pelas Pedras que levaram sua mãe para o passado.

  • Save

As polêmicas continuam, se estendendo pelo personagem Roger. Se na terceira temporada de Outlander ele parecia ser um cara fofo, sensato e perfeito para Brianna, a situação se inverte na quarta temporada. Roger não aceita ser contrariado por Brianna levando os dois a constantemente brigarem, eventualmente deixando a jovem em uma posição vulnerável após uma discussão que parece marcar o fim definitivo do casal.

Tanto Roger quanto Jamie têm algumas atitudes machistas (um é fruto da década de 70, enquanto o outro é do século XVIII), como é perceptível em alguns episódios, mas a diferença é como os dois lidam quando suas ideias são confrontadas. Sempre que discutem, Claire e Jamie tentam chegar a um entendimento, com Claire explicando seu ponto de vista e Jamie tentando aprender com o momento. Enquanto isso, Roger dificilmente dá o braço a torcer e aparenta querer apenas o controle de Brianna, exercendo seu papel de “dominador” como o homem da relação.

  • Save

Além disso, muitas pessoas comentaram sobre a forma que a série abordou o episódio de estupro de Brianna. Por mais que a Starz tenha avisado, através do Twitter e antes do episódio, o gatilho que o episódio continha, a cena não deixou de chocar o público. Muitos espectadores chamaram atenção ao fato de que a cena foi ao ar no mesmo episódio em que a personagem perdeu a virgindade. No livro, os dois acontecimentos são próximos, afim de gerar a dúvida a respeito da paternidade do filho de Brianna. Contudo, colocar essas duas cenas, do sexo consentido e o não consentido, no mesmo episódio, gerou uma relação complicada. Existem diversas ferramentas narrativas que poderiam ter sido usadas para retratar uma cena tão pesada.

  • Save

Em ensaio exclusivo para a revista norte-americana Entertainment Weekly, a “Foto de Família” dos Fraser

De todas as temporadas de Outlander, a quarta temporada é a mais instável de todas. Apesar do belo cenário e dos figurinos, Brianna e Roger não são personagens tão carismáticos como Claire e Jamie. Agora, resta torcer para que a série encontre o caminho correto em sua quinta temporada.


bruna curi

tem 20 anos, é estudante de Jornalismo, mineira, capricorniana e blogueira nas horas vagas. apaixonada por Livros, Filmes e Séries. gosta de escrever, é uma de suas maiores paixões.

Back To Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap