30 anos de Sociedade dos Poetas Mortos

30 Anos De Sociedade Dos Poetas Mortos

“Sociedade dos Poetas Mortos” é mais que um filme sobre educação, abordando amizade, conquistas e, principalmente, a busca pela felicidade.


Três décadas atrás conhecemos a história de um professor de literatura que tinha o sonho de transformar seus alunos em seres críticos. Com discursos inspiradores e o lema Carpe Diem (Aproveitem o Dia, em tradução livre), o maravilhoso Robin Williams encantou o mundo em sua atuação como Mr. Keating. Dirigido por Peter Weir (de O Show de Truman), a produção da Disney foi indicada ao Oscar no ano de 1990 nas categorias Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Ator, além de vencer a categoria de Melhor Roteiro Original. Com sua abordagem provocadora, Sociedade dos Poetas Mortos é extremamente reconhecido por seus clássicos diálogos e frases de efeito, como o memorável momento de “Oh Capitão, meu Capitão”.

Expondo todas as aflições, frustrações e vivacidade da juventude, somos apresentados a um elenco adolescente de nomes hoje conhecidos, como Ethan Hawke e Robert Sean Leonard, em seus primeiros papéis. Porém, muito mais do que um filme com grandes estrelas, o longa é reconhecido como um dos melhores do cinema por sua abordagem íntima e profunda.

A busca pelos sonhos e pelo verdadeiro ‘eu’ é o tema que direciona o filme. Mostrando toda a magia da poesia, Mr. Keating instiga seus alunos a serem únicos, livres e sensíveis, como se eles mesmos fossem poesia. Porém, essa busca não é tão simples, principalmente em um colégio interno que tem como lema disciplina, honra, tradição e mérito. Criticando os moldes das escolas tradicionais, Sociedade dos Poetas Mortos prova que a educação deve ser emancipadora.

Contudo, porque, mesmo depois de tanto tempo, um filme que se passa na década de 1950 ainda é tão amado? A resposta talvez seja seu jeito sensível de mostrar todos os conflitos da juventude de forma sincera e amorosa. Como exemplo, podemos citar o personagem Neil Perry (Robert Sean Leonard). Pressionado pelo pai a ser o melhor da turma e seguir a carreira de médico, o garoto sempre foi privado do que realmente queria fazer. Quando começa a ter aulas com o controverso professor, Neil escolhe enfrentar o pai e seguir o sonho de ser ator.

  • Save

Sociedade dos Poetas Mortos é muito mais do que um filme que fala sobre educação. Ele é um filme sobre amizade, conquistas e principalmente sobre a busca pela felicidade, que deve ser refletido, sentido e revisto várias e várias vezes. E assim como em seu emocionante final, devemos prestar nossa homenagem a todos os professores, que como Mr. Keating, tem o objetivo de nos ajudar a alcançar nosso maior potencial.

Back To Top
Share via