Um show protagonizado pela diversidade

Um Show Protagonizado Pela Diversidade
[tempo de leitura: 6 minutos]

Com a genialidade de Rihanna na produção, o “Savage X Fenty Show” apresenta o poder da diversidade e a força da liberdade.


“Estamos explorando vários tamanhos diferentes e fazendo as mulheres sentirem que não são excluídas apenas porque são de um tamanho diferente”, diz Rihanna sobre o elenco escolhido, durante a preparação para o desfile. “Toda mulher merece se sentir sexy. Somos sexy, somos multifacetadas, e quero mulheres que assumam isso na sua inteireza”.

 

LLingeries estilosas, modelos diversas, estrutura de palco, luzes coloridas. Foi com esses elementos que Rihanna entregou um dos melhores momentos da Semana de Moda de Nova York: o desfile da sua marca de lingerie, Savage X Fenty.

Liberado na íntegra pelo serviço de streaming da Amazon Prime Video, Savage X Fenty Show celebra a liberdade e diversidade no campo ainda restrito a essas questões: a Moda. Em um ambiente acostumado com apresentações a maneira da Victoria’s Secret, marca de roupas íntimas conhecida pelas modelos magras, a investida da estrela do pop torna-se ainda mais poderosa e rica.

 

Artistas como Halsey, Big Sean, Migos, A$AP Ferg e DJ Khaled complementaram o espetáculo, às vezes guiando os passos das mulheres ou animando a plateia de convidados surpresos a medida que o show e a amostra de looks acontece. A proposta contou também com Normani, o destaque entre as apresentações, que mostra seu talento com a dança acompanhada por um grupo de dançarinos, em um jogo de harmonia com os movimentos que, sem dúvida, não ficaram para trás com o Fifth Harmony.

Certamente a artista elevou e sofisticou o conceito de desfile, apostando em uma seleção diversa de modelos. São diferentes medidas, cores de pele e origens, que com seus corpos cheios de atitude e independência acompanhavam o ritmo das performances ao longo dos quase 40 minutos que compõe o Savage X Fenty Show.

A diversidade do especial não fica apenas no casting das modelos. Além das participações internacionais ao vivo, o desfile incluiu também música brasileira, com Malokera, de Ludmilla e MC Lan, sendo escolhida para embalar e animar um dos momentos do evento. A canção conta ainda com participação de Skrillex, Ty Dolla $ign e TroyBoi na divisão dos versos em inglês e português, em meio a batida de funk com influências de rap e música eletrônica que conduziram os movimentos e os olhares da plateia diante ao espetáculo.

Outras personalidades brilharam e marcaram presença no Savage X Fenty Show, entre elas Gigi e Bella Hadid, Joan Smalls, Alek Wek e Cara Delevingne, que desfilaram as peças da grife, junto às demais pessoas reais e com diferentes estilos que formavam o grupo diverso selecionado por Rihanna e sua equipe.

 

Aparência em Xeque

  • Save

Poster do especial

A problemática preocupa quando as mulheres colocadas nos grandes desfiles de moda são, em sua maioria, magras, loiras, de cabelos lisos e olhos claros, tornando-se símbolo de beleza e referência a ser seguida no mercado da moda e cosméticos pela tradição e padrão visual e de trabalho. Desta forma, estabelece-se um caminho para alcançar a almejada beleza, que na verdade é um padrão instituído por uma sociedade capitalista e machista, aspecto quebrado e modernizado pela demonstração da Savage X Fenty.

“Amo como ela deixa tudo sexy, mesmo indo contra a ideia da sociedade do que deveria ser o sexy. Não dou a mínima para qualquer modelo magrinha da Victoria’s Secret quando estou olhando para Parris (coreógrafa). Quero ser aquela mulher por dentro. Quero me sentir confiante daquele jeito, bombástica daquele jeito, isto é a marca Savage”,

– RIHANNA PARA O BUSINESS OF FASHION, LOGO APÓS O SHOW.

A marca revelou-se atualizada com a complexidade da sociedade atual e obstáculos enfrentados por uma geração marcada pela luta por visibilidade e afirmação no mundo, sobretudo, apoiada nos produtos relacionados à aparência e a “estética do belo”, esta última muitas vezes ligada ao consumo. Talvez seja essa sensação uma das grandes riquezas que dominam o palco do Savage X Fenty Show do começo ao fim – aqueles que antes não alcançavam as grandes passarelas e as famosas grifes, agora fazem destes apenas um detalhe em meio a multiplicidade apresentada.

 

Inclusão

Ultrapassando o ideal da “loira perfeita”, reflexo do modelo de beleza exigido pela indústria da moda, Rihanna alcança um novo patamar diante de um público influente e especializado, muitas vezes acostumados com as lentes dos estereótipos: os convidados da Semana de Moda de Nova York. A investida desafia a grandiosidade do evento e um modelo em que as mulheres se restringiam a mostrar, em passos ensaiados e bem colocados, seus looks e peças adequadas as suas curvas, dando lugar aos movimentos elaborados e a liberdade da mulher contemporânea.

  • Save

A estrutura do palco do “Savage X Fenty Show”

Savage X Fenty Show deixa mais interessante a experiência ousada construída pela cantora. Junto a um grupo talentoso de dançarinos, estilistas e demais profissionais destes universos, o material lançado na plataforma da gigante Amazon mostra, antes do desfile de fato, os bastidores e o processo de produção do show, desde a escolha das modelos, a preparação das peças, passando ainda pelo ensaio das coreografias e a montagem do palco.

Nesse sentido, o conteúdo evidencia a preocupação e a sensibilidade de Rihanna em abrir espaço para vários corpos e legitimar esses indivíduos acima de padrões de beleza. Esse ponto pode ser comprovado no fato de que ela só aparece no começo, para abrir o desfile, em meio a uma dança provocante e sensual junto as dançarinas, e no final para agradecer o público, deixando todo o tempo para os que não são totalmente reconhecidos ainda, se apresentarem.

  • Save

As modelos da Savage X Fenty: diferentes corpos, diferentes cores, diferentes personalidade, diferentes mulheres

“Há muitas mulheres lá fora que estão se sentindo no escuro, invisíveis. ‘Não posso experimentar isso porque não foi feito para mim.’ Aqui é onde você se sente segura, bem aqui na Savage”, continuou Riri, fazendo com que todo mundo se sinta confortável na sua grife, que já bateu a marca de US$ 7 bilhões em vendas.

SAVAGE X FENTY
Rihanna lançou a marca Savage X Fenty no ano passado e, desde então, vem quebrando paradigmas por apostar em uma grande diversidade de tamanhos, aspecto impulsionador de muita visibilidade para a marca. Além disso, suas marcas de calçados, lingerie e maquiagem são conhecidas pela qualidade e dedicação da artista nos projetos.

Trazendo a marca da cantora por trás, o desfile do Savage X Fenty Show baseia-se na representatividade como principal elemento. A cada movimento, as modelos se apropriam daquele espaço e se afirmam a partir da confiança e força que encontraram em si próprias, com a ajuda do espetáculo, para inclusive se divertirem, além de apenas carregarem peças impressionantes e imponentes.

  • Save

Entre as diversas celebridades que fizeram parte do show, a atriz de “Orange Is the New Black”, ativista e modelo Laverne Cox

Comprovando sua capacidade como uma das maiores empreendedoras do mundo, para além da atuação na música e modelos desfilando, Rihanna construiu um espetáculo em que tudo fazia sentido, as coreografias, os cenários, a iluminação, o som, todos os elementos se uniam na intenção de revelar o potencial daquelas mulheres, usando de seus corpos e as roupas como mecanismo.

Fato é que essa proposta da estrela de Barbados veio em um momento muito apropriado. Enquanto a Victoria’s Secrets está envolvida com a polêmica de demissão de modelos trans e o cancelamento do seu tradicional fashion show, Rihanna vem com esse projeto “revolucionário”, como já havia adiantado ela antes da realização.

  • Save

Normani é um dos nomes entre o time de celebridades performando durante o desfile

Afinal, é sobre o poder da diversidade, a força da liberdade, a genialidade de uma artista que não se limita e mostra o desejo de ir além. O Savage X Fenty Show nos orgulhou por nos mostrar, seres humanos, como somos, como há tempos queríamos ver na grande mídia e dispositivos. Dessa forma, se estamos cansados da estética estabelecida, Rihanna nos mostrou de uma vez por todas o valor da real beleza.


PLAYLIST

  • Save

mike faria

aspirante a Jornalista, apaixonado pela liberdade da escrita e poder da leitura. praticante de natação nas horas vagas, encontrou na Cultura o melhor lugar para se expressar.

Back To Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap