Os altos e baixos de Deus Salve o Rei

Os Altos E Baixos De Deus Salve O Rei
[tempo de leitura: 5 minutos]

“Deus Salve o Rei” tem os seus altos e baixos, mas entrega uma novela satisfatória e marcante ao apostar em uma história “fora do usual” da emissora.


Antes de ir ao ar, a novela Deus Salve o Rei, criada por Daniel Adjafre e dirigida por Fabrício Mamberti, passou por alguns obstáculos. O primeiro deles foi com o ator Renato Góes, que iria dar a vida ao príncipe Afonso, mas precisou ser substituído por Rômulo Estrela, que já estava escalado para a novela. Ainda, no dia 9 de novembro de 2017, um galpão localizado nos Estúdios Globo, utilizado para a produção da telenovela, pegou fogo e as gravações precisaram ser interrompidas. Um mês depois, no dia 3 de dezembro de 2017, Estrela teve de ir ao hospital, após se ferir com uma espada cenográfica.

Muito se especulava sobre Deus Salve o Rei, principalmente se a novela seria capaz de entregar o que estava prometendo. Quando as primeiras imagens foram divulgadas, os internautas logo começaram a comparar a telenovelada Globo com a famosa série Game of Thrones (2011), exibida pelo HBO: o príncipe Afonso com Jon Snow (Kit Harington), e a princesa Catarina (Bruna Marquezine) com Cersei (Lena Headey).

Originalmente, o plano era enviar parte do elenco para gravar a introdução da novela na Europa, mas devido ao alto custo, apenas a equipe de gravação e efeitos especiais foi mandada para fora do país. Com gravações da Espanha, Escócia e Islândia, o objetivo de captar cenas aéreas de castelos, bosques, montanhas e vilarejos preservados, para ajudar a simular a ideia de um cenário que se passasse no continente europeu. A combinação dessas imagens com os efeitos especiais criaram belíssimos cenários, superando as expectativas.

Deus Salve o Rei foi ao ar pela primeira vez no dia 9 de janeiro deste ano. A trama gira em torno dos fictícios reinos de Montemor e Artena, os mais poderosos da Calía. Há anos os dois locais selaram um acordo de paz: como Artena possuiu água em abundância, cederia um pouco desse recurso para Montemor, que por sua vez proveria o aço. O acordo de paz também era beneficiado pelos seus monarcas bons e justos: a rainha Crisélia de Monferrato (Rosamaria Murtinho), de Montemor, e Augusto de Lurton (Marco Nanini), o rei de Artena.

Contudo, a paz é ameaçada devido a alguns acontecimentos. Tudo começa quando o príncipe Afonso parte em uma jornada para tentar encontrar uma fonte de água para abastecer Montemor, mas no meio do caminho sofre uma emboscada e só não morre porque é socorrido por Amália (Marina Ruy Barbosa) e seu irmão, Thiago (Vinícius Redd). Plebeus e moradores de Artena, eles passam a cuidar de Afonso sem desconfiar que ele é o príncipe herdeiro do reino vizinho.

  • Save

Na imagem, o príncipe Afonso, a plebeia Amália e a princesa Catarina

Enquanto isso, em Montemor, todos acreditam que Afonso está morto, agravando o estado de saúde da rainha Crisélia, que acaba falecendo. Desse modo, Rofolfo (Johnny Massaro), o irmão mais novo do príncipe, se vê obrigado a assumir o trono – mas tornar-se rei nunca foi o seu sonho. O jovem monarca já tinha aceitado que aquele era o destino de seu irmão mais velho, que tinha se preparado durante anos para a função, enquanto ele preferia aproveitar os prazeres da vida e viver sem grandes responsabilidades. Uma onda de esperança surge para Rodolfo quando descobrem que Afonso estava vivo esse tempo todo. Porém, pouco tempo depois de voltar para Montemor, o príncipe herdeiro decide abdicar do trono para viver o seu grande amor ao lado de Amália, a feirante que o resgatou e por quem ele acabou se apaixonando.

Já em Artena, o rei Augusto tenta arrumar um casamento arranjado para sua filha, a princesa Catarina (Bruna Marquezine), na esperança de que isso ajude a melhorar o comportamento dela. Porém, os planos da princesa são muito mais ambiciosos do que os de seu pai e assim ela se une ao Duque de Vicenza, Constantino (José Fidalgo), para se livrar de seu noivo. Inicialmente, o plano de Catarina é fortalecer o exército de seu reino, mas sua ambição é tamanha que seus desejos se tornam maiores e para conseguir o que quer, ela não vê nenhum problema em contribuir para que uma guerra se inicie entre os dois reinos.

 

Reviravoltas

Construir uma trama tão complexa e cheia de detalhes como a de Deus Salve o Rei pode ser um verdadeiro desafio, e os índices de audiência, que variaram bastante, comprovaram a dificuldade da novela em encontrar seu caminho. Para conseguir uma maior repercussão, foi necessária a ajuda do autor Ricardo Linhares, que entrou para o time de direção da telenovela e contribuiu para alguns ajustes no enredo.

  • Save

Na imagem, Rodolfo e Catarina se beijam durante a cerimônia de casamento

Uma das principais mudanças é a atuação de Bruna Marquezine. Inicialmente, a atriz foi muito criticada por sua interpretação, com internautas comparando-a com um robô. Eventualmente, a situação mudou e a atuação de Bruna garantiu que a vilã Catarina se tornasse uma das personagens mais amadas e queridas pelo público, até o final da telenovela. Enquanto isso, a mocinha da trama, interpretada por Marina Ruy Barbosa, foi apelidada de “Sopália” pelos internautas, em uma referência ao trabalho de vendedora de sopa que a personagem exercia no início.

Ao longo de seus episódios, o elenco da novela global também sofreu com algumas mudanças. Alguns personagens, como Cássio (Caio Blat) e Saulo (João Vithor Oliveira), foram eliminados da trama, resultado de sua baixa popularidade e pouco espaço. Em contra partida, novos atores como Mel Maia, Alexandre Borges e Danton Mello entraram no núcleo da novela, ajudando a construir novas tramas e intrigas.

Um dos pontos fortes da novela foi seu arco cômico, que contou com atores experientes como Johnny Massaro e Tatá Werneck (que interpretava a personagem Lucrécia, a princesa de Alcaluz). Os dois formaram uma dupla bastante divertida e dinâmica, arrancando muitos risos do público. Além de mostrar que é ótimo na comédia, Johnny também se destacou ao interpretar Rodolfo como um rei extremamente tirânico e que não se importava com o povo.

  • Save

Os layouts e Moodboards utilizados pela equipe criativa da Globo para a abertura da novela é um desenvolvimento da empresa Koi Factory.

Apesar de algumas baixas ao longo de sua trajetória, Deus Salve o Rei chegou ao seu fim no dia 30 de julho de forma satisfatória, registrando recordes de audiência durante a reta final. A novela foi um marco por apresentar uma trama diferente do que estávamos acostumados, repleta de muita experimentação (um dos grandes destaques foram os efeitos especiais utilizados pela produção) e muita fantasia. De uma maneira ou de outra, Deus Salve o Rei irá permanecer na memória das pessoas por bastante tempo.


bruna curi

tem 20 anos, é estudante de Jornalismo, mineira, capricorniana e blogueira nas horas vagas. apaixonada por Livros, Filmes e Séries. gosta de escrever, é uma de suas maiores paixões.

Back To Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap