skip to Main Content
ZUMBO’S JUST DESSERTS

ZUMBO’S JUST DESSERTS

Séries intrigantes e diferentes sempre estiveram presentes entre as produções da Netflix, sendo que ultimamente a empresa inovou o catálogo com produtos audiovisuais que mesmo se encaixando dentro desses termos, vão na direção oposta do que o público está acostumado. Zumbo’s Just Desserts é um programa gastronômico com uma proposta completamente diferente de Chef’s Table (2015) e Nailed it (2018), ambos que também compõe a lista de produções do serviço de streaming.

A ideia é simples, mas trabalhada com maestria pela empresa australiana Seven Network, que lançou o programa em Agosto de 2016, mas que só em 2017 passou os direitos para a Netflix. O programa possui apenas uma temporada com 12 episódios de aproximadamente 50 minutos.

Adriano Zumbo é um chef australiano muito renomado e faz parte do time de jurados do MasterChef: Austrália. Conhecido por fazer doces totalmente extravagantes e inusitados em diferentes vertentes, ele foi denominado como apresentador do novo programa de confeitaria, que também leva o nome dele. Rachel Khoo é uma chef e escritora britânica conhecida por participar de vários programa de gastronomia e pelos livros sobre cozinha francesa, além de ser a co-apresentadora do reality.

Zumbo’s Just Desserts funciona da seguinte maneira: doze confeiteiros amadores entram no programa para tentar concorrer a cem mil dólares e a chance de ter uma sobremesa inserida no cardápio da loja de Adriano Zumbo. A cada episódio, os participantes devem passar por dois testes, sendo um deles criativo e outro de técnica. No primeiro, eles devem criar o que quiserem desde que esteja de acordo com o que foi proposto inicialmente por Zumbo. A segunda é bem mais complicada e decisiva, uma vez que os dois competidores que tiveram as piores notas vão ter que recriar uma receita do chef. No final, as sobremesas serão degustadas e um dos participantes é eliminado.

Os doze participantes da primeira temporada do reality

O reality show de confeitaria mostra um grande cuidado com as imagens, ca decoração do local e principalmente com os efeitos na pós produção. Todas as cores e elementos são muito harmônicos e claramente inspirados em A Fantástica Fábrica de Chocolate (2005), de Tim Burton, que inclusive é mencionada inúmeras vezes. Desde o primeiro episódio é possível compreender o estilo do programa que está inserido até nas receitas e nos desafios propostos aos participantes.


laísa santos

sonhadora, extrovertida e pseudo cineasta. viciada em Filmes, Séries e Fotografia. e claro, a maior admiradora do Tim Burton que você respeita!

Comente com a gente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Back To Top