10 anos de Cheryl

10 Anos De Cheryl
[tempo de leitura: 5 minutos]

Na música ou na televisão, Cheryl é um dos nomes mais influentes do Reino Unido, com uma carreira solo que já dura 10 anos.


Cheryl é uma poderosa força no Reino Unido. Você talvez não conheça, você talvez nunca tenha ouvido falar, mas é inegável que a cantora tenha feito uma sólida carreira em solo britânico por duas décadas.

  • Save
A artista, que já foi Tweedy, Cole e Fernandez-Versini, começou em um pequeno grupo chamado Girls Aloud. Embora a girlband de cinco integrantes possa não fazer uma cócega no seu corpo, as Girls Aloud fizeram um estrondoso sucesso na Europa no período de dez ano em atividade.

Tão influentes quanto as Spice Girls (alguns discutem que até mesmo mais, comparando vendagens internas), o grupo é a razão que Cheryl foi capaz de se consagrar sozinha no mercado fonográfico europeu. Com a ajuda da produção de will.i.am e usando sua visibilidade como uma das juradas do The X Factor, a cantora se lançou como uma artista solo em 2009, durante o hiatus da girlband, tornado-se popular rapidamente e gerindo a carreira de maior sucesso entre suas ex-companheiras de banda.

 

Os primeiros Anos

Fight for this Love é a primeira empreitada de Cheryl como um ato solo. A faixa, possivelmente a mais popular de toda sua carreira, continuou apostando no já conhecido brit-pop, misturando a um R&B que lhe rendeu o seu primeiro #1. A faixa escalou até o topo em oito países e da lista europeia da Billboard, entrando também entre as 10 mais tocadas de 15 países.

O sucesso da música, bem recebida pelo público e pela crítica especializada, provou que Cheryl não só tinha força para seguir sozinha, mas seria capaz de continuar fazendo sucesso por anos a fio – dentro e fora da música. O trabalho foi logo comparado com a carreira de Janet Jackson e o suficiente para resultar em sua primeira nomeação ao BRIT Awards, a principal premiação de música do Reino Unido.

A faixa encabeçou o álbum 3 Words (2009), que renderam três singles: a #1 já citada, e 3 Words e Parachute, que escalaram até a posição 4 e 5, respectivamente. O álbum, mesclando o pop e o R&B, trouxeram uma sonoridade diferente daquela explorada na época da Girls Aloud, diferenciando o seu som da do grupo.

3 Words foi um sucesso absoluto. Muito bem recebido pela crítica, o público garantiu seu primeiro álbum #1 e o selo de três vezes Platina. Com mais de um milhão de cópias vendidas até o momento, o disco é o mais sucedido de Cheryl.

 

The X Factor

  • Save

Cheryl em foto promocional do “The X Factor”

Paralelo ao trabalho na música, Cheryl foi uma das principais juradas do reality de competição musica The X Factor. Ao lado de um de seus melhores amigos, o caçador de talentos Simon Cowell, a cantora sentou à mesa dos jurados em sete temporadas da franquia.

No Reino Unido, seus trabalhos começaram em 2008, seguindo de forma ininterrupta por quatro anos –uma das temporadas, inclusive, é a com o One Direction, onde ela conheceu o adolescente Liam Payne, que oito anos depois seria o pai de seu filho, Bear Payne. Durante o período, ela foi a jurada ganhadora de duas edições, quando foi mentora de Alexandra Burke e Joe McElderry. O primeiro hiato veio, sendo quebrado pela empreitada que levou, sem sucesso, o The X Factor aos Estados Unidos.

A estadia de Cheryl em solo norte-americano foi marcado por polêmicas. Na premissa de tentar adentrar o mercado, a cantora teve uma resposta um pouco negativa do público, resultando na saída dela do programa durante as Audições – e em suas falas durante o show sendo legendadas, para “melhor entendimento”. Todo o acontecimento acabou gerando um atrito entre ela e Cowell, que cortaram comunicação por alguns anos.

  • Save

O ano das girlbands: no ano em que retornou ao The X Factor britânico, Cheryl dividiu a bancada com Mel B, ex-Spice Girls

Em 2014, três anos após a ida aos EUA, Cheryl retornou ao programa britânico, tendo feito as pazes com Cowell. A cantora, no entanto, ficou apenas dois anos, nas temporadas que consagraram os ganhadores Ben Haenow e Louisa.

 

Cinco Vezes #1

Cheryl rapidamente se tornou um nome de peso e influência dentro do mercado britânico, sendo um dos maiores nomes da música pop do Reino Unido. Seu catálogo logo se expandiu e trouxe os álbuns Messy Little Raindrops, A Million Lights e Only Human, garantindo-lhe o #1, #2 e #1, respectivamente.

A cantora, que iniciou apostando na junção do pop com o R&B, passou a apostar mais no EDM e electropop, com uma quantidade maior de músicas voltadas para as pistas e carregadas de coreografias – área na qual a artista foi criada. Juntos, os três álbuns renderam sete singles, com quatro deles alcançando o topo.

Em 2014, com I Don’t Care, Cheryl se tornou a primeira e única artista do Reino Unido a ter cinco singles #1, poucos meses após ser a primeira artista a ter o debut single de cada um dos quatro álbuns estreando em #1, graças à resposta comercial de Crazy Stupid Love. Embora, hoje, o recorde de maior quantidade de #1 não seja mais dela, a cantora fez história.

 

Futuro

Tendo segurado o título de Queridinha do Reino Unido por anos, Cheryl detém 19 prêmios pela sua carreira solo, além de duas nomeações ao BRIT Awards – e algumas outras dezenas de nomeações em outros prêmios. A cantora, que já foi embaixadora da L’Oréal por nove anos, segue hoje empreendendo em suas duas principais vertentes.

Na carreira de cantora, desde seu último álbum, Cheryl já lançou dois novos singles, com um deles entrando no Top 20 da UK Singles Charts. Na televisão, a artista passou a ser jurada do reality de competição de dança The Greatest Dancer, ao lado de Matthew Morrison, o Mr. Schu de Glee, e Oti Mabuse, instrutora do consagrado reality britânico de dança Strictly Come Dancing. O programa, que estreou em 2019, retorna em 2020 para uma segunda temporada, adicionando o cantor e dançarino Todrick Hall como um quarto jurado.

  • Save

Cheryl com o painel de jurados e apresentadores da segunda temporada de “The Greatest Dancer”

Ao longo desses 10 anos como uma artista solo, Cheryl comprovou que é capaz de triunfar independente da área de entretenimento em que se coloque. Seja como Cheryl Cole, Cheryl Fernandez-Versini ou apenas Cheryl, a britânica continua sendo a Queridinha da nação e uma das artistas mais amadas do mercado europeu. Vai, Cheryl!


PLAYLIST

  • Save

vics

tem 24 anos e é formado em Jornalismo pela PUC Minas, com um MBA em Comunicação e Marketing. é o Diretor de Arte da revista, sendo o responsável pela criação da identidade visual da zine. ainda, escreve matérias sempre que tem uma boa pauta.

ao todo, já assistiu o correspondente a 13 meses em Séries, três meses em Filmes e em 2017 foram dois meses em reprodução de Música.

Back To Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap