O romance em sonoridade pop

O Romance Em Sonoridade Pop
[tempo de leitura: 3 minutos]

Em “Romance”, Camila Cabello apresenta 14 faixas que nos convidam a conhecer seu mundo romântico, susentado pelo pop e sua identidade latina.


QQuase dois anos após seu álbum de estreia, Camila Cabello está de volta para uma nova era, com o segundo disco solo, intitulado Romance. Nele, são exploradas novas sonoridades, sem deixar de lado características que são marcas registradas da artista, como suas composições pessoais e vulneráveis e a quase ausência de feats.

  • Save
Capa do álbum

A faixa responsável por dar início ao novo álbum é Shameless. Antes mesmo de ser lançada, foi descrita por um insider como um rock eletrônico, informação confirmada com a apresentação da música que se afirma como um pop rock de qualidade. Seu lançamento foi duplo, acompanhado pelo single Liar, sexta composição da coletânea.

O clipe da segunda faixa, Living Proof, segue a estética da mitologia grega, presente nas imagens de divulgação do álbum, mas que por alguma razão vem sendo pouco explorada em outros vídeos da era Romance. Além disso, a música possui uma curiosidade interessante: o sample presente nos primeiros segundos da faixa foi gravado com crianças órfãs na Libéria, que recebem auxílio do Africa Heartwood Project, projeto com o qual Camila Cabello contribui. A utilização do áudio teve o objetivo de gerar atenção à organização apoiada por ela.

As próximas canções apresentam letras mais sensuais, embaladas por batidas com toque latino. Should’ve Said It e My Oh My, com participação do rapper DaBaby, são algumas das favoritas dos fãs. Señorita, sua segunda colaboração com o cantor Shawn Mendes, e Liar são marcadas pela vibe latina, mas com uma pegada muito mais pop. Na primeira metade do Romance, Camila Cabello nos mostra novamente o quanto suas origens influenciam em sua arte.

  • Save
Camila Cabello em ensaio fotográfico para o “Romance”

A faixa de número sete, Bad Kind of Butterflies, deve ser a mais distante das outras musicalmente. Nela, um som mais dark é explorado, mas mantendo os agudos característicos da voz de Cabello, algo semelhante ao que ouvimos em Never Be the Same, um de seus primeiros single solo. No Track by Track do Romance, a cantora descreve a composição como uma forma leve de falar sobre ansiedade.

As músicas seguintes são pops muito mais genéricos. Easy é basicamente uma love song com letra ainda mais chiclete que a de Cry for Me, acompanhada por uma melodia muito gostosa de ouvir. E como músicas de amor não podem faltar no álbum de uma pisciana, Dream of You é mais uma delas, apesar de ficar muito apagada ao dar sequência à sad song Feel It Twice.

Após This Love e Used to This, duas faixas românticas, First Man vem para dar o tom final do disco. Em uma de suas composições mais emocionantes até hoje, Camila Cabello canta sobre sua relação com o pai e encerra o álbum homenageando uma das coisas que ela mais valoriza: sua família.

O que fica de Romance é que, em seu segundo álbum solo, Camila Cabello mantém sua identidade como uma das jovens artistas mais relevantes da geração, com uma sonoridade pop que equilibra sua identidade latina as composições intimas e pessoais.


PLAYLIST

  • Save

Isabela Oliveira

isabela oliveira

leonina nascida em 1999 que deixou o litoral de São Paulo para estudar jornalismo na Unesp Bauru. ouve de tudo um pouco, mas é apaixonada por música pop. gosta de livros, séries e filmes de romance teen. ama moda, animais e é viciada em acompanhar as Kardashians.

Back To Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap