skip to Main Content
Uma Vida Sentenciada

Uma vida sentenciada

Você já imaginou o que fazer com sua vida se soubesse que iria morrer em breve? Viver verdadeiras loucuras ou passar os últimos momentos se lamentando? Realizar seus sonhos e desejos antigos ou deixá-los de lado? Essas são algumas escolhas que Stella Abbott (Lucy Hale), protagonista de Life Sentence, série exibida pela The CW, precisa enfrentar.

Há oito anos, a jovem descobriu que estava com um câncer terminal e desde então vive cada dia de sua vida como se fosse o último, já que possivelmente é o que pode ser. Com o apoio de seus pais e de seus irmãos, Stella enfrenta seus medos e tem o suporte da família para que ela tenha a oportunidade de conhecer o verdadeiro amor, Wes (Elliot Knight), que conheceu em Paris durante uma viagem e acabou casando-se, em uma relação que deveria durar o tempo que lhe resta de vida: seis meses.

Com todos os detalhes prontos para o seu funeral, o que poderia dar errado? Em uma consulta médica de rotina, Stella descobre estar curada. Após passar pelo estágio de choque (afinal, ela já estava acostumada à ideia de sua morte) e celebrar a notícia ao lado de seus familiares (seu funeral acaba se transformando em uma festa de celebração à vida), ela descobre que a sua nova chance de vida não é, exatamente, tão animadora assim.

Com o fim da doença, Stella se depara com diversos segredos guardados por sua família ao longo dos oito anos, que se empenharam em dar a ela apenas um ambiente feliz para seus últimos anos. Agora, depois de aprender a viver com seu prazo de validade martelando a sua existência, Stella se encontra sentenciada a a uma situação onde precisa aprender a conviver sem o seu câncer.

Com o teatro desfeito, Stella descobre que além da situação financeira de seus pais não ser das melhores, o casamento deles parece ter chegado ao fim. Também, sua irmã, Elizabeth (Brooke Lyons), vive angustiada por ter tido filhos muito cedo ao invés de ter dado prioridade a sua carreira, enquanto seu irmão, Ainden (Jayson Blair), tem um caso com uma mulher casada.

Como se não bastassem todas essas mentiras, a jovem também descobre novos lados de sua relação com Wes, cujo casamento era para durar apenas seis breves meses. Com o seu relacionamento prolongado indefinitivamente, é como se Stella não conhecesse o seu próprio marido, tendo a impressão de que ele é um completo estranho.

Assim, com uma família cheia de problemas e mágoas e um casamento que foi construído em cima de algumas mentiras, Stella se vê obrigada, pela primeira vez em sua vida, a tentar ajudar as outras pessoas. Se antes ela dependia bastante da ajuda de seus familiares, agora são eles que precisavam da ajuda dela. Além disso, a personagem de Hale precisa começar a planejar o seu futuro, agora que tem um, mas a tarefa logo mostra-se difícil já que ela nunca sentiu a necessidade de, por exemplo, ter experiências profissionais.

O primeiro episódio de Life Sentence serve como uma introdução sobre a vida de Stella, de sua família e de sua doença. Assim como todas as obras que envolvem um personagem que possuiu algum tipo de câncer ou doença terminal, a série mostra como a doença de Stella influenciou as suas relações familiares e como a sua cura vai afetar todos os personagens. O Pilot deixa claro que a série possuiu um pouco de drama e comédia, mesclando momentos de comoção e outros de muitos risos e gargalhadas.

Lucy Hale se destaca dando vida à Stella, uma vez acostumada com o gênero drama graças ao sete anos na série Pretty Little Liars, no corpo de Aria Montgomery, uma das protagonistas da trama. Em Life Sentence, Hale consegue entregar uma personagem muito positiva, mesmo diante da possibilidade de morrer a qualquer momento, também demonstrando uma grande fragilidade ao descobrir todas as mentiras que a cercavam. A personagem também ganha uma nova camada pela sua situação: por mais que seja uma mulher adulta, Stella é inexperiente em inúmeros sentidos, já que sua batalha contra o câncer vem desde sua adolescência.

Brooke Lyons, interprete da Elizabeth, também se destaca. Sua personagem consegue demonstrar muito bem a sua infelicidade. O sentimento transparece de forma clara em duas situações: a primeira, quando ela tem de abrir mão de uma bolsa de estudos para ajudar no tratamento de câncer da irmã, e quando ela comenta ter se arrependido de ter tido filhos tão cedo, preferindo poder ter focado em sua carreira. Elizabeth é amargurada em diversos sentidos e Lyons, através de sua atuação, transmite bastante disso.

Life Sentence está atualmente no ar, em sua primeira temporada, com uma encomenda de 13 episódios. E com sua boa premissa e o elenco de grandes atores, basta que os produtores saibam como aproveitar desses recursos para ter a atenção do público e, consequentemente, garantir sua longevidade.


bruna curi

tem 20 anos, é estudante de Jornalismo, mineira, capricorniana e blogueira nas horas vagas. apaixonada por Livros, Filmes e Séries. gosta de escrever, é uma de suas maiores paixões.

Comente com a gente!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Back To Top