fbpx

A MTV Brasil 30 anos depois

[tempo de leitura: 5 minutos]

Aposta forte na música em toda a programação e a linguagem jovem explicam a influência e herança da MTV Brasil em toda uma geração.


EEnquanto alguns canais estavam ligados nos noticiários, programas de auditórios ou boletins dos famosos, outro fazia da música seu ponto de partida e, apoiada em uma proposta jovem desde a seleção dos quadros, discursos e a aparência dos apresentadores, levou entretenimento e ritmo aos televisores nacionais.

Estamos tratando da MTV Brasil, canal musical direcionado para o público jovem que estreou no Brasil em 20 de outubro de 1990, há 30 anos, com a vontade de renovar a televisão brasileira e aproximar os jovens de suas vivências, especialmente, culturais e sociais.

Transmissões de clipes ocupando horas de exibição, programas fora da caixa para a época e apresentadores jovens, na figura de VJs, fortaleceram o processo experimental da emissora em território nacional. Assim, a liberdade de propor e colocar em prática novas ideias ocupou espaço central na televisão e conquistou os jovens que ainda não tinham visto isso ao ligar seu receptor.

  • Save
Alguns dos famosos VJs da MTV Brasil

 

MTV BRASIL

Se você viveu a juventude nos anos 90 ou na primeira década dos anos 2000 provavelmente vai se lembrar de parte dessa fase embalada por um canal televisivo. Era comum ligar a televisão para acompanhar aquele clipe novo lançado ou ver de novo outro que sempre te levava a cantar pela casa e ainda comentar no outro dia com os amigos na escola. E ainda com uma programação para preencher em um momento que a indústria de clipes no Brasil estava nos primeiros passos, a MTV foi peça importante para estimular a produção audiovisual das bandas.

Hoje pode ser difícil de imaginar, mas a MTV Brasil marcou a cultura pop brasileira ao trazer para a tela aspectos admirados e participantes do cotidiano juvenil. Músicas, videoclipes, brincadeiras durante os programas, apresentadores ligados nas tendências, além de conversas abertas sobre temas pouco falados como sexualidade fizeram do canal sucesso de norte a sul.

A identificação com o público, a colocação da personalidade por parte dos apresentadores, os VJs, e a experimentação, ou seja, a facilidade de construir a emissora por meio da colaboração, sem preocupação com críticas e o modelo tradicional de TV no país, trouxe sustentabilidade ao modelo de funcionamento e marcou o imaginário coletivo.

Fato é que a MTV no Brasil acabou refletindo um movimento também presente nos Estados Unidos. A emissora não tinha grande audiência e lugar de destaque nos números por, entre outras coisas, sua condução de nicho muito forte, mas ganhou relevância como marca, ambiente de reconhecimento da potência dos jovens que não se viam muitas vezes nas novelas e programas da “TV normal”.

 

IMPACTO

Humor e músicas eram os temas centrais da programação, mas a MTV Brasil foi além. Superada pelo surgimento da internet, o YouTube e diversos outros recursos desenvolvidos fora da televisão, o canal acabou, da forma como ficou conhecido, em 30 de setembro de 2013, último dia de exibição daquela fase no Brasil. A decisão foi marcada com o fim da parceria entre o grupo Abril e a Viacom dos Estados Unidos.

CLIPES
O forte da MTV eram os clipes e, consequentemente, o programa de maior audiência era o Disk MTV. Ele teve várias apresentadoras como Astrid Fontenelle, Cuca Lazarotto, Sabrina Parlatore, Carla Lamarca e Sarah Oliveira.
  • Save
Imagem promocional do “De Férias com o Ex Brasil”

Para além desse fato, a herança que o canal deixou sobrevive ao tempo e mostra sinais até nos dias de hoje. Apesar de perder certo domínio de único meio jovem e a acessibilidade a certos conteúdos, a MTV Brasil inaugurou um jeito original e descolado de comportamento que logo foi transmitido para a internet com os blogueiros, youtubers e influencers.

No meio dos anos 90 e início dos 2000, a MTV foi capaz de dar chance e protagonismo para alguém que não era muito pronto para as telas, com domínio da fala e dos gestos por exemplo. Jovens desconhecidos passaram a assumir a frente e, assim, aumentaram as possibilidades e perspectivas daqueles que de casa, do outro lado da tela, enxergavam desafios comuns.

“Por isso que eu digo que tem um pouquinho de MTV em cada lugar. Esse deboche, esse não ter muita regra, não ser muito amarrado… acho que a internet está aí para isso e substitui a MTV nesse sentido”, reflete Zico Goes, ex-diretor de programação e conteúdo da MTV, em entrevista ao G1.

  • Save
O “Furo MTV”, famoso programa de humor liderado por Dani Calabresa e Bento Ribeiro
ACÚSTICO
O Acústico MTV foi um dos quadros mais bem sucedidos da primeira fase da MTV no Brasil. Foram 13 milhões de discos vendidos de artistas como Kid Abelha, Cássia Eller, Gilberto Gil, Rita Lee e muitos outros. Além deste, no programa 15 minutosMarcelo Adnet fazia paródias, lia e-mails dos telespectadores, imitava celebridades e apostava no improviso conquistou o público.

A partir de 2013, a emissora deixou de ser exibida na TV aberta, passando a ser operada pela empresa norte-americana Viacom como um canal fechado, tendo na programação a produção e exibição de reality shows nacionais e gringos, como De Férias Com O Ex Brasil, GEORDIE SHORE e Catfish.

Porém, mesmo diferente e com outra proposta, o legado da MTV Brasil segue vivo e assumindo novas roupagens – especialmente na internet. Se atualmente estamos acostumados com conteúdos de nicho e as pautas identitárias em destaque, foi porque pioneiros, como o canal, começaram a trazer esse traços para a tela nacional.

Ficamos com a lembrança, a vontade de ter vivido mais tempo aquela época e mais, a certeza de que a contribuição do canal em solo brasileiro ultrapassou o equipamento. Mais do que um canal, a MTV Brasil foi uma renovação e isso não acaba quando desligamos ou mudamos a programação.

  • Save
Marcelo Adnet

#ficaadica: Os proprietários da estrutura física e concessão da antiga MTV Brasil lançarão um novo canal em dezembro com foco na cultura pop, séries, games, e-sports, animes e outros conteúdos que englobam o universo jovem. A Loading estará disponível via streaming, TV aberta e fechada.

*Dica: Com direção de Lucas Tomaz Neves e assinado pela Crua Produções, o documentário A Imagem da Música: Os Anos de Influência da MTV Brasil foi disponibilizado no YouTube e conta a história e a influência do primeiro canal de TV dedicado totalmente ao público jovem brasileiro.

mike faria

Conectado com a potência das narrativas e a sensibilidade social encontrou no Jornalismo o melhor lugar para se expressar, junto a prática de natação nas horas vagas e as distopias para lidar com a realidade.

Back To Top
Right Menu Icon
Share via
Copy link
Powered by Social Snap