fbpx
Com muito humor e pouco thriller, "Maldivas" é um divertido entretenimento sobre assassinato e mulheres ricas — mas não passa disso.

Com muito humor e pouco thriller, “Maldivas” é um divertido entretenimento sobre assassinato e mulheres ricas — mas não passa disso.


NNão é de hoje que a Netflix está investindo em séries brasileiras e dando espaço para vários gêneros. Tem Coisa Mais Linda para quem gosta de drama de época, 3% para os fãs de ficção científica, Sintonia e Boca a Boca para quem prefere produções teen e Irmandade aos amantes de investigação criminal.

A aposta da vez é Maldivas, um mix de thriller com comédia sobre as dondocas de um condomínio de luxo na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Apesar de ter um elenco com várias famosas, o foco é estrelar Bruna Marquezine e Manu Gavassi – que estava esquecida pela mídia mas voltou a ser comentada pelo público após a participação no Big Brother Brasil 20.

 

Maldivas

Passando os dias à beira da piscina com drinks e roupas sofisticadas, as moradoras do Maldivas mantêm as aparências de felizes e bem-resolvidas. Apesar de algumas alfinetadas escondidas pelo tom de amizade, a vida vai bem entre Milene (Manu Gavassi), Rayssa (Sheron Menezzes), Kat (Carol Castro) e Patrícia (Vanessa Gerbelli).

Numa noite, o apartamento de Patrícia pega fogo e ela é encontrada morta. Todas as vizinhas teriam motivos para matá-la e, por coincidência ou não, Liz (Bruna Marquezine) chega ao prédio na noite do crime. Ela é a filha de Patrícia, que há anos tenta rastrear a mãe e entender porque foi abandonada.

Narrada por Verônica (Natalia Klein), também moradora do condomínio e outra pessoa cheia de segredos e relações com a vítima, a série tem um visual bonito. Cores vibrantes e solar, drinks coloridos e elaborados e atrizes performando a alta sociedade. Toda a ideia por trás de Maldivas é boa, mas o roteiro chega a beirar o “engraçadinho”. O humor é construído sobre referências brasileiras, desde as mais atuais quanto algumas antigas, e tem situações bem cômicas envolvendo a elite. Contudo, o engraçado chega a ser forçado.

O lado positivo é que a história não tenta colocar os personagens como vítimas. Todos são culpados pelas suas escolhas e têm suas consequências. Deus me livre de mostrar como coitadinhos os moradores de um condomínio de luxo usando tornozeleira eletrônica. Pois é, esse é o tipo de humor de Maldivas.

A parte da investigação é interessante, principalmente considerando que os personagens são capazes de fazer qualquer coisa para manter o status. Todas as protagonistas poderiam facilmente matar – ou mandar matar – alguém que está em seu caminho. Contudo, a história segue com alguns furos e uma temporada com um final bem aberto. Considerando que são apenas sete episódios e o lado humorístico, é compreensível que a parte de thriller não seja tão bem desenvolvida.

Ao final de Maldivas sabemos quem matou Patrícia e dá para entender um pouco o que aconteceu entre ela e Liz — mas ainda tem muita água para rolar. Embora a segunda temporada ainda tenha sido confirmada, seria bom trazer mais explicações sobre alguns pontos levantados.

Com episódio de 40 minutos, Maldivas foi criada por Natalia Klein e é um bom entretenimento para quem quer se distrair e dar boas risadas. Mas não espere por grandes reviravoltas. Embora tenha um ritmo interessante, o foco é aproveitar a realidade completamente paralela dentro do condomínio e pensar “nossa, gente rica é muito estranha”.

Compartilhe

Twitter
Facebook
WhatsApp
Telegram
LinkedIn
Pocket
relacionados

outras matérias da revista

Jogos
Julio Puiati

Os games mais esperados de 2018

Horizon Zero Dawn, The Legend of Zelda: Breath of Wild, Hellblade: Senua’s Sacrifice, Persona 5, Cuphead, PlayerUnknown’s Battlegrounds… 2017 nos revelou gratas surpresas no mundo dos games, tanto no mercado mainstream quanto no setor indie. Mas, olha… 2018 não vai ficar pra trás, viu? E digo mais! É um ano que pretende ser melhor ainda! E por isso separamos uma lista com os 5 games mais esperados do ano. Ficou curioso? Dá uma conferida aí! Red Dead Redemption II Não só de GTA vive a Rockstar Games. Prometida para 2017, a tão sonhada continuação de Red Dead Redemption ficou para

Leia a matéria »
Back To Top