É preciso queimar tudo para recomeçar

É Preciso Queimar Tudo Para Recomeçar
[tempo de leitura: 3 minutos]

“Little Fires Everywhere”, minisérie do Hulu com Reese Whiterspoon e Kerry Washington, explora a complexidade da vida de duas mães opostas.


LLittle Fires Everywhere é uma minissérie que aborda o racismo, privilégios e choque cultural de forma brilhante em uma narrativa muito bem desenvolvida. A trama foca nas protagonistas Elena e Mia, duas mães que exercem o papel maternal da forma como acham ser conveniente para elas e para seus filhos, evidenciando diferenças extremas entre ambas e que transformam a vida das pessoas que convivem com elas.

A trama é situada na pequena cidade de Shaker Heights, conhecida por abrigar moradores de classe média alta e ser o cartão postal de um lugar acolhedor e estimulador da igualdade. Neste cenário vive Elena Richardson (Reese Witherspoon), esposa, mãe e jornalista por meio-período no jornal local. A personalidade de Elena é a representação de uma moradora perfeita, com um marido perfeito e quatro filhos maravilhosos que vivem em uma casa perfeita. Até a chegada de Mia Warren (Kerry Washington) e sua filha adolescente Pearl (Lexi Underwood). As duas vivem se mudando constantemente, dirigindo pelos Estados Unidos em um carro velho de cor azul. O motivo? É o segredo que a trama esconde até o final, depois que todos os personagens são explorados e desconstruídos.

O maior questionamento da série é Quem incendiou a casa dos Richardson?”. Durante o início de Little Fires Everywhere somos surpreendidos com a majestosa casa em chamas e uma Elena cansada e triste bem em frente ao fogo, assistindo seu lar e toda a sua história ser destruída pelo incêndio. Este é o primeiro susto, uma chamada para o estudo da complexidade de famílias que se chocam constantemente.

 

AS FORMAS DA MATERNIDADE

Little Fires Everywhere, produzida pelo Hulu e distribuída no Brasil pela Amazon Prime Video, explora as questões que envolvem os filhos dessas mulheres; os que são privilegiados e os que não são. Elena é uma mulher branca que se destaca por sua popularidade no lugar que vive. Obcecada por seu estilo de vida, não consegue se dar conta dos problemas que a filha mais nova, Izzy (Megan Stott) enfrenta diariamente. Por outro lado, Mia é uma artista negra, pobre e de personalidade forte. Cheia de segredos, ela cria a filha Pearl, uma adolescente que deseja criar raízes e ter algum lugar permanente para poder chamar de lar. O desafio da maternidade se agrava quando Izzy encontra em Mia a família que ela gostaria de ter – e Pearl encontra em Elena as raízes que ela sempre sonhou, alimentado intrigas entre as duas.

  • Save
Kerry Washington e Reese Witherspoon

A questão maternal é o foco do drama que não é nem um pouco previsível. Little Fires Everywhere é capaz de surpreender diante da evolução de cada personagem e mostrar como a presença de pessoas diferentes em suas vidas é necessária para que eles evoluam.

 

ATUAÇÕES FEROZES

Reese Witherspoon e Kerry Washington são as responsáveis por grande parte do tom novelesco presente em Little Fires Everywhere. O peso da dramaticidade transmitido pelas atrizes, assim como o amadurecimento das personagens, agregam ao tom da minissérie. O público espera a redenção e transformação de Elena, e torce para que os segredos de Mia sejam revelados e explicados.

  • Save

Little Fires Everywhere é uma série sobre o desconforto, é sobre viver com pequenas chamas dentro de nós mesmo, mas que um dia podem incendiar nossos corpos e acabar nos queimando, afetando outras pessoas. É um bom conteúdo para assistir e conhecer os desafios, limitações e privilégios da maternidade. Ou entender sobre o racismo velado. Questionar os privilégios de pessoas brancas e ricas em uma sociedade que exclui e controla completamente as minorias. Esta é uma produção sobre aprender a olhar para as necessidades e problemas de outras pessoas que, às vezes, precisam queimar tudo para começar a viver de novo.

Cecília Basílio

cecília basílio

o Cinema é o maior vício dessa Jornalista que tem como ritual fazer anotações sobre todos os Filmes que assiste. é impossível não encontrar um livro na bolsa de Cecilia e ela está sempre preparada para conversas profundas sobre diversos gêneros do Cinema, Músicas antigas e Livros contemporâneos.

para o seu futuro profissional, ela tem apenas um desejo: ser uma mistura entre Annalise Keating e Olivia Pope.

Back To Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap