fbpx

“Desejo Sombrio 2”: Mais mistério, menos erótica, mas ainda clichê

Com uma narrativa de mistérios e menos sensual, a segunda temporada de "Desejo Sombrio" desenvolve o universo sem conseguir fugir dos clichês.

Com uma narrativa de mistérios e menos sensual, a segunda temporada de “Desejo Sombrio” desenvolve o universo sem conseguir fugir dos clichês.


DDepois do sucesso de crítico e público da primeira temporada de Desejo Sombrio, eis que a Netflix anuncia uma segunda temporada. Será que realmente precisava? Tinha história para contar?

O ponto de partida dessa nova leva de episódios parte exatamente do ponto, onde a primeira deixou, aqui encontramos Alma (MaitePerroni) em uma profunda tristeza pelo seu divórcio e procurar ajuda em um grupo de apoio para conseguir se recuperar mas que ainda não consegue esquecer Dário (Alejandro Speitzer) e ainda existe uma grande obsessão ai. Do outro lado da moeda, temos Dário que descobriu  herdeiro de uma fortuna US$ 200 e que esta prestes a se casar com Julietta (Ariana Savedra). O mote principal dessa temporada acontece quando  a morte de Julietta  Lazcano acontece não sabendo se era um suicídio ou assassinato.

A trama consegue fisgar o telespectador de maneira bem inteligente, nesse primeiro momento todos são suspeita, inclusive Alma e Dário que acabam de se unirem devido aos seus desejos mais sombrios e sua forte conexão. Novos personagens são acrescentados como a detetive Montaño que assume o caso de Julietta e Lys, mãe de Dário que voltou da França para o México com intenções questionáveis.

Existem alguns refrescos em Desejo Sombrio 2 como Zoe que fica dividido entre seu relacionamento com  Karine e principalmente ao se aproximar de Mau, um técnico em necropsia que ajuda a trama a se desenvolver. Outro ponto que é bacana é o desenvolvimento de Estebam (Erik Hayser) e a investigadora Montaño dá para ver que eles tiveram um passado apesar de pouco explorado na narrativa

Perto da primeira temporada, o teor dessa é muito mais investigativo, a série caminha por desvios interessantes que passam a explicar as razões de cada um agir de determinada forma o que contribui e engrandece a narrativa. Existe até um fator coringa na série que é o irmão do mal gêmeo de Dário que muitas vezes ele é usado para ser um pivô entre as investigações, funciona? Sim funciona mas em sua grande maioria parece um truque barato de colocar gêmeos e cair no clichê.

Por ser uma temporada de muitas suspeitas quase não vemos muitas  cenas de sexo, elas existem e estão ali, com uma bela coreografia e fotografia bonita nas cenas mas elas não são o recheio da temporada, o que é bom que se desenvolve muito mais pelas cenas de dialagos e ações do que o sexo em si.

O maior fator que sem dúvida deixou muito a desejar é que no fim toda a investigação e sua resolução cai no mesmo clichê bem parecido com a temporada anterior, principalmente os suspeitos, não há muita novidade ou seja constrói uma trama mais instigante e no fim ela desconstrói isso para ir para uma alternativa quase que previsível com vários personagens novos na trama e podendo usar ele de alguma forma em sua conclusão, tudo isso é descartado em seu episódio final.

Desejo Sombrio 2 fecha com um final até redondo e bem coerente com a proposta, mas que ainda assim consegue ir para o clichê e pouco inovar em sua fórmula

Compartilhe

Twitter
Facebook
WhatsApp
Telegram
LinkedIn
Pocket
relacionados

outras matérias da revista

Na Mise-en-Scène
Raquel Almeida

Na Mise-en-Scène / “Direção de Arte em P&B”

A temporada de premiações chegou ao fim e apesar das surpresas desagradáveis, como por exemplo o vencedor de Melhor Filme do Oscar, algumas consagrações foram extremamente significativas e marcantes para a história do cinema industrial. Um dos filmes favoritos aos principais prêmios da noite era Roma (2018), uma produção independente, idealizada e realizada por um imigrante, distribuída em plataforma digital e que buscava remontar a infância do autor, vivida no México, nos anos 70. Gostando do filme ou não, há algo que é inegável: por si só, Roma é um projeto que atrita com o claro conservadorismo da Academia e

Leia a matéria »
Back To Top