fbpx

“PRODUCER”: Versatilidade é a palavra-chave!

[tempo de leitura: 3 minutos]

Mostrando sua capacidade de inovação em “PRODUCER”, Lay Zhang conquista o título de melhor compositor da indústria chinesa.


AApós o ambicioso lançamento do álbum Lit, que se consagrou como o disco mais vendido na China em 2020, Lay Zhang (ou apenas LAY) trouxe ao mundo a coletânea autoral intitulada PRODUCER. O novo trabalho reúne nove músicas compostas e performadas semanalmente pelo cantor na segunda temporada do programa CZR, cuja premissa é desafiar os maiores nomes da produção musical chinesa a competirem pelo título de Melhor Compositor da indústria nacional.

Em sua primeira apresentação, que integra a faixa inicial em PRODUCER, o cantor fez uma performance da música autoproduzida e intitulada Joker. Vestido com o Coringa, icônico vilão do universo da DC, Lay Zhang começa a música com a pergunta “Why so serious?”, trazendo um ar sombrio que guia todo o seu desempenho no palco. Arranjada criativamente com sons de risada e gritos do antagonista de Batman no fundo, Joker tem o trap como base e, junto com o rap, compõe uma fórmula que tem sido explorada com cada vez mais frequência pelo artista.

  • Save
LAY em apresentação da música Joker

Em For The Love of Lotus, a segunda faixa do álbum, Lay Zhang traz uma performance dramática através de uma canção melódica em R&B contemporâneo, enquanto a letra traz referências completamente baseadas na história e mitologia chinesa. Na canção seguinte, o cantor surpreende o ouvinte pela súbita quebra na narrativa sobre ancestralidade, e se agarra a uma pegada latina que revisita trabalhos anteriores, como a música Boom, presente em seu penúltimo álbum de estúdio.

Em meio às músicas produzidas no programa, Lay Zhang é fiel ao seu repertório recorrente, trazendo seu patriotismo à tona em canções que exaltam a cultura nacional, local, e até mesmo as paisagens naturais que compõem a província de Hunan, a qual o artista passou toda a infância. Tanto a música Horse quanto XiangJiang River são retratos sonoros de como sua adoração pela nação em que nasceu o inspira artisticamente e o impulsiona a evoluir enquanto produtor.

  • Save

É interessante perceber, também, o quanto o compositor aposta no aprimoramento de suas habilidades vocais na pequena quantidade de baladas em meio a um disco repleto de trap e R&B. Embora tenha saído de sua zona de conforto e trabalhado bastante para encontrar um LAY mais confiante no rap, o cantor é coerente à sua trajetória ao continuar insistindo em um de seus talentos mais primitivos: a voz potente e notas altas.

Pavimentando seu próprio caminho enquanto produtor musical, Lay Zhang preparou tantos materiais para a construção de PRODUCER que, até mesmo, chegou a presentear um de seus adversários na competição com beats preparados anteriormente. É notória a versatilidade do acervo de materiais do cantor, na qual o disco apresenta nove faixas que divergem totalmente entre si.

PRODUCER é um trabalho autoral de qualidade, apesar de parecer uma composição confusa pela diversidade em gêneros e narrativas presentes nas letras. Porém, essa falha de coesão pode ser facilmente justificada pelo fato de que o álbum não foi criado como um trabalho linear e conceituado para gerar um diálogo entre uma música e outra. Foi um material criado a partir do objetivo de trazer diferentes sonoridades em uma periodicidade semanal.

O disco é uma memória, um arquivo de todas as canções compostas e interpretadas por Lay Zhang durante sua participação no CZR. Com caráter ainda mais especial, PRODUCER eterniza a brilhante trajetória que o cantor chinês trilhou enquanto produtor musical e registra passo a passo a capacidade do artista em se reinventar em um curto período de tempo. Não à toa, cada minuto reproduzido no álbum é uma agradável lembrança do porquê LAY merecidamente venceu a competição.

nathalia jesus

Com 21 anos de idade, é Jornalista quase formada que descobriu na pré-adolescência que todas as suas maiores paixões podiam também ser profissão. Já se aventurou no teatro, dança e instrumentos musicais, mas encontrou na escrita a melhor forma de se expressar. Amante de Cinema, Séries, Música e Livros, e até hoje sofre pelo fim da versão impressa de suas revistas favoritas.

Back To Top
Right Menu Icon
Share via
Copy link
Powered by Social Snap