fbpx

“1 Billion Views”: EXO-SC voando mais alto

[tempo de leitura: 3 minutos]

Com “1 Billion Views”, Oh Sehun e Park Chanyeol mostram, em um álbum versátil, suas personalidades musicais longe do EXO.


CConhecidos como “amazing duo“, EXO-SC, sub-unidade do EXO, retorna com 1 Billion Views, o primeiro full-album da dupla. O projeto é bem pessoal, já que suas faixas contam a história de Oh Sehun e Park Chanyeol desde a infância até situações dos dias atuais, já adultos.

 

  • Save
Capa do álbum

1 Billion Views é uma oportunidade de SeChan – abreviação usada pelos fãs para se remeter ao duo – ter a liberdade de se envolverem com a produção e composição das músicas, o que é pouco comum para o EXO. Muitas das faixas são desenvolvidas pelo Studio 519, estúdio de Chanyeol. Além disso, o duo mostra que apesar de ser da rap line, os rappers do grupo, eles também tem capacidade para cantar melodicamente.

Além de explorar novos estilos, o projeto dá a oportunidade de ouvir os membros cantando faixas solo, uma vez que ambos ainda não têm seus álbuns individuais como outros membros do grupo. Ter uma música particular durante o projeto da sub-unit faz com que os fãs venham imaginar como será a essência de cada álbum solo, já que cada uma dessas faixas tem aspectos musicais incomparáveis entre si. Enquanto Nothin, de Chanyeol, é um R&B que harmoniza com guitarra elétrica, On Me, de Sehuné uma canção dance e trap. Por outro lado, o que as torna parecidas é a pessoalidade, descrevendo muito como cada um deles se enxerga.

What a Life, o primeiro mini álbum, lançado em 2019, tinha em sua essência as diversões e aventuras que a vida proporciona, enquanto o mais recente tem uma pegada nostálgica que o torna mais íntimo. Ao longo das canções, SeChan relembra a infância e a época de trainee – a fase de treino para se tornar um idol de K-pop. É interessante ver como eles vêm caminhando juntos desde novos, levando à dupla a ter uma proximidade e uma química inegável.

Dizer que 1 Billion Views é um projeto versátil não é nada surpreendente, pois quando se trata de EXO, é notável que o grupo sempre carrega esse aspecto em suas obras. Apesar do álbum seguir uma certa linearidade de relatos pessoais, as histórias são contadas em diversos gêneros. Levando em consideração todo o processo criativo e dedicação de EXO-SC, é perceptível como SeChan se sobressaíram comparando com What a Life.

O duo fez escolhas inesperadas e exploraram características de gêneros importantes na indústria musical, além do R&B e Hip Hop já presente anteriormente. EXO-SC introduziu novos aspectos, como a faixa-título que mescla o pop disco que tem sido uma tendência no pop ocidental. Say It introduz batidas de bossa nova, enquanto Jet Lag é um soft R&B. O álbum também conta com algumas colaborações, como de Gaeko, do Dynamic Duo, que também parte da equipe de produção, e MOON, que canta na música título.

  • Save
Oh Sehun e Park Chanyeol, respectivamente

Cada faixa tem sua essência e se diferencia de alguma forma, revelando que é um álbum para todos os momentos e vibes. É um projeto bem sincero, pois retrata preocupações, maturidade, determinação e sonhos. Faz enxergar um pouco mais de SeChan como seres humanos, indo um pouco além do superficial que vemos. 1 Billion Views é uma entrega total do EXO-SC, a prova de que eles buscam crescer musicalmente e não apenas como cantores, mas também como compositores.

Agnes Nobre

agnes nobre

tem 21 anos e estudante de Jornalismo. apaixonada pela escrita e pela fotografia, sempre busca crescer e se aprimorar nisso. está sempre disposta a explorar e experimentar as áreas que o jornalismo proporciona. tem um catálogo de séries inacabadas e assistidas pela metade, um gosto musical de pré adolescente, e nunca nega uma cerveja!

Back To Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap