Amor é sinônimo de Anavitória

Amor é Sinônimo De Anavitória

Anavitória entregam um show extremamente sincero, envolvente e carregado de emoções, em uma perfeita comemoração do Dia dos Namorados.


No mês em que se comemora o Dia dos Namorados, nada mais perfeito do que as músicas de Anavitória. Para marcar a data favorita dos românticos, a dupla Ana Caetano e Vitória Falcão fizeram a Turnê dos Namorados, que contou com shows em diversas cidades do Brasil. Belo Horizonte recebeu as artistas no dia 10 de junho, no Palácio das Artes, marcando a sexta cidade a recepcionar a turnê.

A proposta da Turnê dos Namorados é fazer um show bem intimista, pautado somente em voz e violão, como uma oportunidade de celebrar o amor em conjunto com os fãs. “Vamos fazer um encontro muito lindo e se amar muito hoje”, foi o pedido de Ana, logo na abertura da apresentação na capital mineira. A aposta em fazer uma apresentação mais simples, segundo as meninas, é uma maneira de deixarem suas inseguranças de lado e ficarem mais próximas dos fãs.

As meninas do Anavitória usam vestidos vermelhos para foto promocional da Turnê dos Namorados
  • Save
Além do modelo voz e violão, o show conta com elementos diferentes, para que o público tenha novas experiências. As meninas do Anavitória usam vestidos vermelhos, saindo do padrão que anteriormente existia – com Ana usando branco e Vitória vestindo preto – e trazem duas participações especiais. Uma delas é o primeiro violão de Ana, que nunca havia saído em turnê com ela. Esse instrumento foi o companheiro da artista para a composição de várias de suas músicas e, por isso, ela pediu que todos cantassem bem alto e com muita emoção para que o violão pudesse ver tudo de bonito que aconteceu com ele. E é claro que o público atendeu o pedido.

A outra participação especial é a ilustre presença de Samuel Rosa. Cada cidade da turnê conta com algum cantor diferente para cantar com as meninas, e o vocalista do Skank foi o escolhido em Belo Horizonte. No palco, ele cantou algumas músicas com a dupla, incluindo seu single Amores Imperfeitos, já regravado pela dupla. O encontro dos três no palco é muito bonito de presenciar, além da oportunidade de ver duas fãs tendo a oportunidade de compartilhar da profissão com um de seus ídolos. Ainda, Samuel fez um discurso sobre como é interessante você apreciar um artista e ele apreciar você também, ainda que sejam de gerações diferentes.

O show, que estava marcado para às 21 horas, atrasou 25 minutos para começar e durou aproximadamente 1 hora e 30 minutos. A primeira música foi Trevo (Tu), um dos maiores sucessos, e contou com músicas de todos os álbuns, como Cecília, Singular, Cor de Marte, Outrória, Dengo, Porque Eu Te Amo e Chamego Meu. Cada segundo foi extremamente emocionante e, tanto o público quanto Anavitória, estavam envolvidas no momento. Enquanto Ana tocava seu violão (e em alguns momento seu teclado e guitarra também), Vitória fazia seus típicos movimentos com os braços, mostrando o quão entregue estava às canções.

É interessante ver que a dupla possui, ao vivo, a mesma imagem que passam através das redes sociais e dos seu filme e documentário. São duas meninas extremamente simples e humildes, divertidas e que valorizam a música e o amor de uma maneira muito bonita. A conexão entre elas mesmas e com a plateia é clara, e fez muito jus à proposta de celebrar o amor no show.

Para deixar a noite ainda mais romântica, um pedido de casamento. Todos ficaram em êxtase e a emoção de Vitória pelo momento foi evidente. A cantora ficou encantada pelo momento, disse que estava sentindo o amor deles em si e desejou toda a felicidade do mundo ao casal.

Anavitória cantam, sentadas, durante show em São Paulo
  • Save

Anavitória durante show no Espaço das Américas, em São Paulo. (Crédito: Nicole Defillo)

Para finalizar, elas cantaram a música Partilhar do cantor Rubel, dedicando o refrão “Eu quero partilhar a vida boa com você” aos fãs. Cada segundo do show foi extremamente sincero, envolvente e carregado de emoções, assim como as músicas da dupla. Não poderia haver uma melhor comemoração do Dia dos Namorados do que em um show de Anavitória.

deborah almeida

tem 20 anos, estudante de Jornalismo, feminista e praticante de yoga nas horas vagas. veio ao mundo para enaltecer as divas do Pop, escrever sobre as coisas loucas que passam pela sua cabeça e fazer origami.

Back To Top
Share via