fbpx

O Cemitério dos Livros Esquecidos

Imagem Promocional De
[tempo de leitura: 3 minutos]

A série literária “Cemitério dos Livros Esquecidos” ganhou seu quarto e último capítulo em 2017, finalizando a história do jovem Daniel Sampere, protagonista da saga.


EEm uma madrugada fria de 1945, o pequeno garoto Daniel Sempere anda com seu pai nas ruas enevoadas da Barcelona sem saber ao certo o seu destino. Como presente de aniversário de 11 anos, Daniel foi levado a um lugarzinho esquecido por Deus e por quase todos os homens, chamado de Cemitério dos Livros. Assim começa o primeiro de quatro livros da saga escrita pelo autor espanhol Carlos Ruiz Zafón, cuja última obra chega às prateleiras do Brasil no mês de agosto.

 

A História de Daniel

Capa do livro "A Sombra do Vento", primeiro volume da série literária "Cemitério dos Livros"
  • Save
Capa do livro “A Sombra do Vento”, primeiro volume da série literária “Cemitério dos Livros”

Com direito a escolher apenas um livro de todos os milhares que espalhavam na biblioteca imensa, Sempere aprendeu que não é o leitor que escolhe o livro, e sim o livro que escolhe o leitor, e se viu preso a um livro antigo, com a capa cor de vinho e letras douradas que traziam o título que marcaria não apenas o personagem, como também mais de 6,5 milhões de leitores no mundo todo: A Sombra do Vento.

Em O Cemitério dos Livros Esquecidos, o livro é escrito por um escritor chamado Julián Carax, desconhecido por quase todos no mundo da literatura, mas que prende a atenção do jovem Daniel a cada palavra que mistura fantasia com suspense e mistério. Obcecado pela leitura, Daniel começa a dedicar todas as suas horas para encontrar o autor do livro que tanto mudou sua vida, mas pouco imagina que Julián Carax pode não ser apenas um velho escritor, mas um vilão ardiloso de vida perigosa.

A história toda, dentro e fora do livro, é de autoria de Carlos Ruiz Zafón, e se você já assistiu o filme A Origem (2010), de Christopher Nolan, se prepare para entrar em uma verdadeira inception, onde a realidade toma novas formas e a ficção e o real se misturam magistralmente, levando o leitor a desconfiar que está na pele do próprio Daniel Sempere.

 

O Cemitério dos Livros Esquecidos

É impossível não se perder nas palavras de Carlos Ruiz Zafón, que brinca tão bem com técnicas imagéticas. O leitor conhece as ruas de Barcelona, o Bairro Gótico, as Ramblas e o Tibidado, chora por amores perdidos na ficção de Daniel e do livro que ele lê, e sente um frio na espinha tão forte que é impossível ler o livro durante a noite, por maior que seja a coragem. Se Daniel Sempere se perdeu na realidade, quem garante que a gente também não se perderá?

Após o sucesso do primeiro livro, lançado em 2001, Zafón lançou mais duas obras que se passam no mesmo universo. O Jogo do Anjo foi lançado em 2008 e sua sequência, O Prisioneiro de Céu, em 2011. Ambos seguem o clima de mistério e suspense sombrio de A Sombra do Vento, que fica mais intenso a cada página virada.

Com o título O Labirinto dos Espíritos, o quarto e último livro da saga O Cemitério dos Livros Esquecidos chega pela editora Suma das Letras e ainda está em etapa de tradução, chegando às livrarias já no segundo semestre de 2017. A narrativa amarrará as pontas que Carlos Ruiz Zafón cuidadosamente deixou soltas e promete trazer ainda mais suspense e terror. Se você já conhece as obras do autor catalão, indico uma maratona para refrescar a memória, e se você nunca tinha ouvido falar dessa obra, aconselho acender as luzes, separar o passaporte e as passagens para a Espanha e nunca olhar para trás.


Bruna Nogueira

bruna nogueira

tem 24 anos, é Jornalista, feminista e vive para ler e contar histórias. com um senso de humor ácido, faz piada de tudo e não passa um dia sem escrever.

Back To Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap