skip to Main Content
A Trajetória De Lou Clark

A trajetória de Lou Clark

Existem alguns personagens que se tornam memoráveis com o passar do tempo, e esse é o caso de Louisa “Lou” Clark, a protagonista do best seller Como Eu Era Antes de Você, da escritora britânica Jojo Moyes. A personagem, de jeito bem atrapalhado, aos poucos conquista espaço no coração dos fãs, estando agora de volta no romance Ainda Sou Eu, o último livro da trilogia da autora.

Em Como Eu Era Antes de Você, Lou é apresentada como uma jovem de 26 anos que leva uma vida acomodada e que não possuiu muitos planos e ambições para o futuro. Ela mora em uma pequena casa com os seus pais, o avô, a irmã e o sobrinho, e tem um namoro morno com Patrick. Apesar de se sentir incomodada com algumas coisas, ela não toma nenhuma iniciativa para mudar a situação.

Após ser demitida do café onde trabalhava há anos, Lou se vê obrigada a pensar no futuro e tomar uma decisão para conseguir um novo emprego, já que ela não pode viver de seguro desemprego para sempre (o seu salário era essencial para ajudar aos seus pais a pagar as contas, de maneira que ela precisa encontrar uma nova fonte de renda). Lou então consegue uma oportunidade como cuidadora de Will Traynor, um rapaz rico de humor extremamente ácido, tetraplégico após ser atropelado por uma moto.

Em 2016, “Como Eu Era Antes de Você” ganhou uma adaptações cinematográfica estrelada por Emilia Clarke e Sam Claifin, com roteiro de Jojo Moyes

Lou, não entanto, não é a pessoa mais indicada para trabalhar como cuidadora de alguém, por ser muito atrapalhada e falar pelos cotovelos. Adaptar-se ao novo emprego, que lhe tira da sua zona de conforto, mostra-se como uma tarefa nada fácil. Além disto, Will faz questão de não facilitar a situação, estando sempre mal humorado, irônico e extremamente ríspido. Constantemente considerando desistir do trabalho, a jovem precisa aguentar o humor de seu chefe por precisar desesperadamente do dinheiro.

As coisas se tornam mais fáceis quando Lou desenvolve uma amizade com Will. Quando descobre do trato que o rapaz fez com seus pais (ele poderia por fim a sua própria vida ao fim de um prazo de seis meses), a moça bola um plano para mostrar para o homem como a vida pode ser maravilhosa, mesmo estando em uma cadeira de rodas. Afinal, como uma pessoa pode desistir assim da própria vida?

Apesar de não conseguir fazer Will desistir dessa ideia, Lou acaba aprendendo lições valiosas durante o tempo em que ficou trabalhando como cuidadora na casa dos Traynor. E, durante os seis meses em que esteve ao lado de Will, ela passa a aproveitar a vida intensamente, arriscando a fazer coisas novas e começando a pensar em novas possibilidades para futuro, já que é uma mulher brilhante, dona de uma mente extremamente criativa e que, portanto, não deveria deixar sua vida estagnada.

Desde 2002, quando iniciou sua carreira, Jojo Moyes já escreveu 15 livros

Já em Depois de Você, o segundo volume da trilogia, o leitor se depara com uma versão mais sombria e melancólica de Louisa Clark, algo com o qual não estamos acostumados. Tudo isso é um reflexo do luto e da culpa que ela sente por Will ter morrido, como se houvesse algo a mais que ela poderia ter feito para que ele não desistisse da própria vida. Ainda, ela sente como se o tivesse decepcionado por não estar aproveitando a vida da maneira que ele gostaria.

Esse é um momento muito delicado na vida de Lou, que conseguiu um trabalho que detesta com todas as suas forças e que não se sente confortável com o apartamento que herdou de Will. A única coisa que ela faz para tentar superar esse luto e a culpa que sente é frequentar, sem muita vontade, um grupo de terapia. Contudo, nem isso parece adiantar muita coisa já que Lou não se sente feliz e não consegue enxergar sentido na sua vida.

A nova versão da protagonista, mais obscura e até mesmo depressiva, é um lado totalmente novo. No decorrer da leitura vemos Louisa buscando ajuda, uma vez que não consegue lidar sozinha com esse peso em suas costas. Duas pessoas fundamentais nesse processo são apresentada: Sam Fielding, um paramédico que mais tarde acaba desenvolvendo um interesse por Lou, e Lily, uma adolescente meio rebelde que afirma ser filha de Will Traynor.

Depois De Você é um livro em que apresenta a personagem principal vivendo e sentindo o luto ao seu extremo, mas que com muita terapia e ajuda de amigos e familiares consegue dar a volta por cima. A evolução de Lou é marcante, assim como a maneira que ela dá a volta por cima ao mudar o seu estilo de vida: ao invés de tentar sempre agradar aos outros, esquecendo de si mesma, passou a focar mais em suas necessidades e em seus desejos, ao deixar tudo para trás na tentativa de se arriscar em uma nova cidade e em um novo trabalho.

O último volume da trilogia, Ainda Sou Eu, foi lançado em fevereiro e marca o final da trajetória de Louisa Clark. O livro mostra a personagem chegando a Nova York, onde vai trabalhar como cuidadora de uma socialite chamada Agnes Gonipk, uma ex-massagista que não é muito bem aceita pelas outras mulheres da alta sociedade. A função de Lou é trabalhar como assistente de Agnes, além de servir como intermediária entre a Sra. Gonipk e as outras pessoas.

A vida que ela leva em Nova York é muito diferente do que ela levava em sua terra natal, uma pequena cidade da Inglaterra. Enquanto Lou vem de uma família calorosa, em que os familiares adoram conversar e sempre sabem o que está acontecendo na vida de cada um, os Gonipks são totalmente o oposto.

O objetivo de sua estadia na nova cidade, além de seu trabalho, é poder aprender, crescer e a viver novas experiências. E essa estadia na Big Apple acaba sendo um verdadeiro desafio para Louisa, por estar longe de sua família e problemas constantes em seu namoro a distancia. Tudo se complica quando uma pessoa muito parecia com Will surge em sua vida, enquanto Sam, seu namorado, ganha uma jovem parceira de trabalho.

Ainda Sou Eu não se trata apenas do amadurecimento de Lou e de sua adaptação em um país novo e a uma dinâmica de vida completamente diferente. Devido a trocas de e-mail com a sua mãe e as chamadas de vídeo com sua irmã, o leitor pode ficar por dentro da família Clark, sendo perceptível o quanto que os familiares (também) evoluíram ao longo da trilogia. O destaque especial fica com Treena, a irmã de Lou, que passa a ganhar maior espaço na narrativa, dando a oportunidade ao leitor de conhecer um pouco mais sobre ela, seus sonhos e até mesmo seus sentimentos.

Durante toda narrativa, Jojo Moyes consegue manter a essência da personagem. Mesmo passando por inúmeras reviravoltas, Lou termina a trilogia com o seu jeito gentil de ser, sempre sorrindo diante dos pequenos gestos e que possuindo um grande amor pela vida (algo que acabou aprendendo com Will Traynor). Em Ainda Sou Eu, o crescimento pessoal da protagonista é bastante evidente, ao aprender a defender a si mesma. Assim, Moyes apresenta a forma perfeita de encerrar com dignidade a trajetória de Louisa Clark, uma personagem admirável e extraordinária.


bruna curi

tem 20 anos, é estudante de Jornalismo, mineira, capricorniana e blogueira nas horas vagas. apaixonada por Livros, Filmes e Séries. gosta de escrever, é uma de suas maiores paixões.

Comente com a gente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Back To Top