fbpx

As camadas de Michelle

[tempo de leitura: 3 minutos]

Em “Minha História”, Michelle Obama propõe uma viagem pessoal em sua vida e trajetória como uma das mulheres negras mais impactantes do mundo.


MMinha História é um documentário que chegou recentemente à Netflix e foi gravado durante a turnê de lançamento do livro homônimo de Michelle Obama. A autobiografia da ex-Primeira Dama dos Estados Unidos foi lançada em 2019 e se tornou um dos grandes fenômenos do mercado editorial – nos EUA e em vários outros países. A turnê, que passou por 34 cidades norte americanas, arrastando multidões e lotando estádios, foi documentada no longa, sob direção de Nadia Hallgreen.

Conforme prometido pela ex-Primeira Dama, Michelle é vista sem filtros, pela primeira vez, fazendo revelações e recebendo cada um dos fãs que estiveram presentes nos eventos da turnê. Além de falar sobre processo de escrita do livro e relembrar importantes momentos de sua trajetória – desde o nascimento no sul de Chicago, passando pela formação acadêmica em Princeton e depois em Harvard, até chegar ao posto de Primeira Dama dos Estados Unidos. A história de Michelle Obama é contada por ela, por seus familiares e sua equipe, com a ajuda de fotos dos álbuns de família e muitas lembranças compartilhadas.

Se Minha História mostra partes da ex-Primeira Dama nunca antes vistas, é importante mencionar que no livro é possível se debruçar ainda mais sobre a história de Michelle e conhecê-la mais a fundo. Com tom inspirador e muita sensibilidade, ela fala de momentos bons e ruins, e das dificuldades que perpassam sua vida, sobre as frustrações e como aprendeu a buscar sua própria felicidade.

  • Save

Desde criança, Michelle nunca se deixou deter pelas adversidades ou pela falta de oportunidades, impostas, sobretudo, pelo racismo. Dotada de um alto senso de disciplina e responsabilidade, é possível reconhecer e entender o motivo de cada uma das conquistas da ex-Primeira Dama. Por isso, mesmo sabendo de todos os percalços, ela faz questão de direcionar e enfatizar seu discurso incentivando a comunidade negra norte-americana, com destaque para as mulheres, a seguir firme em seus objetivos, sobretudo nos estudos. Com um discurso forte, impactante e positivo, ela fala sobre a invisibilidade das mulheres negras perante a sociedade e da luta diária contra o racismo.

Minha História também traz o relacionamento Michelle e Barack, narrando desde o começo, ainda na juventude, passando por todo o caminho trilhado por eles. Em todos os momentos, é possível perceber a parceria entre o casal, mesmo diante das adversidades e momentos de crise. Desde a primeira candidatura a um cargo público, passando pela eleição que fez de Barack Obama o primeiro Presidente negro dos Estados Unidos, os oito anos na Casa Branca, um período extremamente difícil na história do país, e mais recentemente, a saída da família.

Em Minha História, Michelle Obama aborda com detalhes a campanha pela Presidência e depois pela reeleição, evidenciando uma relação conturbada com uma imprensa cruel. Sobretudo, as conspirações contra o casal, as análises minuciosas de cada movimento e a tentativa de colocá-la como negra raivosa. A obra evidencia a pressão sob a qual a primeira dama esteve durante os oito anos de mandato. No entanto, também mostra as tentativas e êxito de Michelle na missão de humanizar a Casa Branca e fazer dela um ambiente saudável para que as filhas crescessem.

  • Save

 

Fazendo uma reflexão sobre os dois mandatos, além de críticas e temores quanto à era Trump, o documentário conta com falas sobre o novo caminho que tem trilhado, longe –mas nem tanto – dos holofotes da imprensa. Além de compartilhar seus medos e anseios de que a comunidade negra conquiste seu espaço na sociedade americana.

Durante a uma hora e meia de Minha História é possível conhecê-la de uma forma única, tornando impossível não se encantar por sua trajetória, sua personalidade e seu senso de humor. Além de ser a primeira mulher negra como Primeira Dama dos Estados Unidos, ela mostra todo o seu engajamento, sua competência e empatia. Michelle Obama é uma mulher negra que entrou para história da nação mais poderosa do mundo e é uma inspiração, principalmente para os momentos sombrios que vivemos.

Ana Luisa Santos

ana luisa santos

tem 23 anos, é Jornalista, Fotógrafa e estudante de Publicidade e Propaganda. sempre foi apaixonada pela arte do registro, é workaholic, viciada em séries e leitora assídua. nas horas vagas, finge que é blogueira e se aventura no mundo das finanças pessoais e investimentos. sempre disponível no Instagram.

Back To Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap