fbpx

De Nova York para o mundo, com o coração aberto

[tempo de leitura: 4 minutos]

Em Ben Platt Ao Vivo em Nova York, o artista entrega uma performance energética e intimista, se abrindo ao público como nunca na carreira.


“Que emoção estar no Radio City Music Hall! É isso mesmo que vocês ouviram. Que loucura! Sempre que subi no palco, eu estava interpretando outra pessoa. Um mágico muito nerd, talvez. Ou um missionário mórmon muito estranho, ou talvez um garoto com o braço quebrado. Nossa! Gostaram de mim em Ricki and The Flash, não? Neste ano, é a primeira vez que eu subo no palco sendo eu mesmo porque vocês vieram me ver hoje. Não tenho como agradecer por isso. É maravilhoso!”

 

OO ano de 2019 foi cheio de realizações para o ator e cantor norte-americano Ben Platt, ganhador do Tony, Grammy e Emmy. Além de estrelar a série The Politician, de Ryan Murphy, que está disponível na Netflix, ele lançou seu primeiro álbum de estúdio, Sing To Me Instead.

Com um total de 12 faixas, Ben Platt abordou questões mais pessoais de sua vida, algo que nunca tinha falado abertamente em seus trabalhos anteriores. Em uma entrevista para o Washington Blade ele diz que “só queria dar esse salto se fosse apresentar cada parte de mim. Foi a primeira oportunidade de representar meus relacionamentos e os homens que eu amei”. E ainda em 2019, o artista realizou um show no Radio City Music Hall, chegando recentemente no catálogo da Netflix em forma do especial Ben Platt Ao Vivo em NY.

 

AO VIVO EM NOVA YORK

  • Save
Pôster do especial

Ben Platt abre o show com a música Bad Habit e esse primeiro momento é caracterizado por mesclar momentos da apresentação com as gravações do artista se preparando para o show, de forma que podemos o ver andando pelo Radio City Music Hall, escolhendo o seu figurino e até mesmo fazendo um exercício de preparação de voz. Esse detalhe já deixa claro a intenção do show: apresentar uma atmosfera mais intimista do artista.

Diferente de algumas apresentações grandiosas que contam com dançarinos, participações de outros artistas ou alguns efeitos mais técnicos, a apresentação do Ben Platt é mais simples. Contudo, é impossível negar a qualidade do show e dos detalhes que são pensados com muito cuidado. O palco reune elementos que se assemelhavam ao de uma sala de estar: tapete, almofadas, algumas plantas, uma mesinha com fotos. Todos esses elementos ajudam a criar um ambiente confortável e íntimo, somados aos momentos em que o ator faz questão de dizer sua vontade de fazer o público se sentir próximo dele.

Para poder se aproximar do público, Platt compartilha diversas histórias e fatos curiosos da sua vida como, por exemplo, o dia em que contou para os seus pais que ele é gay ou de quando ele comeu uma balinha de maconha de sua melhor amiga Molly e começou a ter uma crise de ansiedade. A transparência de Ben Platt com o público é tanta que ele conta para as pessoas presentes que, durante a apresentação da música Share Your Adress, ele precisa sair para ir ao banheiro fazer xixi.

  • Save

Entre as músicas que ele apresenta durante Ben Platt Ao Vivo em NY, Honest Man, New e Share Your Adress são canções em que ele compartilha algumas experiências passadas de seus relacionamentos, como namorar um cara gay que não era assumido ou de sua tendência a imaginar um futuro completo com uma pessoa após um encontro legal. Já durante In Case You Don’t Live Forever, Ben aproveita para dedicar a canção para sua falecida avó.

Além de cantar as músicas do Sing To Me Instead, Ben Platt também aproveita a noite para cantar um cover da música The Joke, de Brandi Carlile, e Take Me To The Pilot, do Elton John. Ainda, o cantor aproveita para exaltar esses dois ícones da comunidade queer, que ele faz parte e tanto apoia.

Um dos momentos mais emocionantes de todo o show no Radio City Music Hall é durante a apresentação do single Rain. No momento em que Ben Platt começa a cantar a música, todos no local levantam de suas cadeiras para poder dançar, pular e cantar junto dele.

Para encerrar o show, Platt retorna para o palco para apresentar a canção Run Away, a primeira música do álbum que ele escreveu e baseada no relacionamento de seus pais: Julie Beren e Marc Platt. Da mesma forma que a abertura do especial mescla momentos do show com cenas do artista se preparando para a apresentação, o mesmo ocorreu com o final. Durante a cena, são misturados momentos do Ben tocando Run Away, dele após o show (mostrando o cantor agradecendo todos que colaboraram e contribuíram no concerto) e um momento íntimo do artista reunido junto de sua família no camarim.

Durante uma hora e meia de show o artista entrega alguns vocais impressionantes, demonstrando o tamanho de seu talento, além de alguns passos icônicos de dança que viraram sua marca registrada. E além de arrasar nas músicas, Ben Platt também dá um show de carisma, criando um ambiente intimista e confortável, fazendo o público se sentir mais próximo dele.

  • Save

Ao final de Ben Platt Ao Vivo em NY, você fica com a sensação de que se tornou amigo de Platt. Sendo assim, para os fãs do cantor, resta desejar que esse evento seja a consolidação de uma carreira promissora e cheia de sucessos, e que esse show seja apenas um dos vários que Ben Platt apresentará ao longo de sua vida.


PLAYLIST

  • Save

Bruna Curi

bruna curi

tem 20 anos, é estudante de Jornalismo, mineira, capricorniana e blogueira nas horas vagas. apaixonada por Livros, Filmes e Séries. gosta de escrever, é uma de suas maiores paixões.

Back To Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap