fbpx

Uma semana inesquecível

[tempo de leitura: 2 minutos]

Em uma comédia romântica musical, “A Semana da Minha Vida“ encontra nas músicas uma forma de expandir as emoções de seus personagens, em um filme leve e divertido.


NNo dia 26 de março, chegou ao catálogo da Netflix o filme A Semana da Minha Vida, estrelado por Kevin Quinn e Bailee Madison. Dirigido por Roman White, o longa conta a história de Will (Kevin Quinn), um adolescente problemático que perdeu os pais quando era pequeno e desde então vem se metendo em diversos problemas. Após roubar o carro de um policial, Will acaba sendo mandado para um acampamento de verão para evitar ir para o reformatório.

O acampamento é o destino de vários jovens da igreja, onde eles vão para celebrar a última semana do verão e para realizar diversas atividades recreativas como paintball, queimada e cabo de guerra. Este, definitivamente, não é o local ideal para Will, de forma que ele acaba mentindo a respeito de sua vida para conseguir se enturmar com os demais jovens.

Assim, A Semana da Minha Vida retrata a semana de Will no acampamento e seus esforços para tentar se encaixar entre os demais jovens, além do desenvolvimento do relacionamento dele com Avery (Bailee Madison), a filha do dono do acampamento. A jovem é uma garota que aparenta ter uma vida extremamente perfeita, dona de uma fé muito grande e certamente desinteressada por um rapaz problemático como Will – mas isso, é claro, não os impede de se aproximarem e criarem um laço. Além disso, o personagem de Quinn vai se aproximar bastante de George (Jahbril Cook), um campistas bastante inseguro e que tem dificuldade em conversar com as garotas.

Por se tratar de um musical, o longa da Netflix conta com diversas músicas e coreografias bem trabalhadas. Cada uma das canções é bem distribuídas ao longo do filme, ajudando colocar em palavras os sentimentos dos personagens e os seus pensamentos mais profundos. Um exemplo disso é Good Enough, em que George fala sobre seus sentimentos em relação a Presley (Kat Conner Sterling) e ao fato dele se achar bastante inseguro, acreditando que ela é capaz de encontrar alguém melhor do que ele. Por sua vez, em Place In This World é a a vez de Avery falar sobre a vida e o seu lugar no mundo.

Apesar da trama de A Semana da Minha Vida ser bastante simples, o que torna o filme previsível em alguns momentos, um acerto é o fato dele explorar a vulnerabilidade dos personagens como é o caso da insegurança de George, que se vê como o cara descolado que as garotas costumam se interessar ou se apaixonar; a forma como Avery fala sobre sua fé e sua relação com Deus, demonstrando um lado mais sensível em alguns momentos, ou os traumas do passado de Will, quando ele fala sobre seus pais e a forma trágica que eles foram arrancados de sua vida.

  • Save

Mas o filme não trata apenas de uma história de amor. A Semana da Minha Vida fala sobre amizade, companheirismo e acaba mostrando uma experiência de vida transformadora. Trata-se de um longa divertido, e que pode ser uma ótima opção para quem está em busca de um entretenimento que contenha uma história leve e envolvente.

bruna curi

tem 20 anos, é estudante de Jornalismo, mineira, capricorniana e blogueira nas horas vagas. apaixonada por Livros, Filmes e Séries. gosta de escrever, é uma de suas maiores paixões.

Back To Top
Right Menu Icon
Share via
Copy link
Powered by Social Snap