fbpx

Uri Doramas / “Médico Apaixonado, Professor Kim” (2016)

[tempo de leitura: 2 minutos]

Um famoso cirurgião perde sua credibilidade por problemas passados e dá continuidade em sua carreira num precário hospital numa pequena vila na Coréia do Sul. Esse é professor Kim (Han Suk-kyu), o protagonista de Médico Apaixonado, Professor Kim. Um doutor irreverente, mas que não perde a chance de usar seus talentos para o bem, muito similar ao famoso Dr. House (2004-2012), acha que nunca está errado e sempre muito certo de suas decisões.

O único momento que o pequeno hospital Doldam é lembrado, é para receber novos residentes que cometeram algum erro, vindo diretamente do hospital universitário Geosan, em Seul, basicamente descartados para serem punidos por suas ações. Porém com o passar dos episódios, é notável como a perspectiva daquele lugar muda, deixa de ser para punições e disciplinar, se torna um ambiente para vencer inseguranças e se desafiar.

  • Save
Kang Dong-Joo, personagem de Yoo Yeonseok

É assim que começa a história de Médico Apaixonado, Professor Kim. O residente Kang Dong-Joo (Yoo Yeonseok) comete um erro durante uma cirurgia promissora em sua carreira e é enviado para Doldam, ali ele encontra alguém de quem ele gostava no passado, a doutora Yoon Seo-jeong (Seo Hyun-jin). O dorama perpassa por aprendizados para esses residentes, uma pitada de romance, Doldam sofrendo ameaças de ser fechado, e claro, o bom drama médico.

Diferente dos dramas que assisti, a trama se desenvolve rapidamente. Mesmo com uma situação principal ocorrendo, todo plot secundário se resolve depressa, dando espaço para outros acontecimentos sem muita enrolação – mas sem deixar algo faltando. O gênero se resume em uma mescla de gêneros onde quase não há resquício de humor, trazendo drama na medida certa e um pouco da presença de romance. Tudo, de forma bem balanceada.

O drama ganhou uma segunda temporada em que dá continuidade ao enredo das ameaças que o hospital enfrenta, porém com novos residentes. A essência se mantém, com as doses certeiras de romance, drama e humor. A primeira temporada não termina de forma aberta para uma segunda parte, mas também não atrapalha o que foi construído anteriormente. Certamente, quem adora uma boa história envolvendo médicos, vai gostar de Médico Apaixonado, Professor Kim.

agnes nobre

tem 21 anos e estudante de Jornalismo. apaixonada pela escrita e pela fotografia, sempre busca crescer e se aprimorar nisso. está sempre disposta a explorar e experimentar as áreas que o jornalismo proporciona. tem um catálogo de séries inacabadas e assistidas pela metade, um gosto musical de pré adolescente, e nunca nega uma cerveja!

Back To Top
Right Menu Icon
Share via
Copy link
Powered by Social Snap