fbpx

Pesadelo na Rua Z / “Os Outros” (2001)

[tempo de leitura: 2 minutos]

Não tem como falar sobre a produção de filmes de terror pós-anos 2000 sem mencionar Os Outros. O filme de 2001 fez mais de US$ 200 milhões nas bilheterias mundiais e assustou muita gente por manter o suspense na trama de um jeito que remete a convenções clássicas, com ambientes escuros, pisos rangendo e personagens difíceis de decifrar.

Na trama, Grace (Nicole Kidman) e seus dois filhos, Anne (Alakina Mann) e Nicholas (James Bentley), moram em uma velha mansão e aguardam o patriarca da família retornar da Segunda Guerra Mundial. As crianças têm uma doença raríssima que causa alergia à luz do sol e, por isso, as cortinas da casa sempre devem estar fechadas. Além da proibição de luz natural, Grace mantém outra regra rígida: nenhuma porta deve ser aberta sem que a anterior tenha sido trancada. Essas normas passam a ser lentamente quebradas pelos empregados que ela contrata para cuidar da casa e, daí em diante, as coisas começam a ficar um pouco mais estranhas.

A partir dessa premissa, Os Outros se desenvolve lentamente, convidando o espectador a estar atento para captar os sinais e conseguir juntar as peças da história. Sem muitos efeitos, os momentos assustadores são construídos com um bom uso do cenário e do jogo de luz e sombra, que por sua vez é excepcional. A casa, por si só, já é bem assustadora e consegue causar muitos arrepios com imagens mais escuras e as presenças sobrenaturais que começam a aparecer.

Para fechar o pacote de alguns clichês do terror, a protagonista é extremamente católica e não acredita em nada do que está acontecendo. Ou, ao menos, finge não acreditar. Enquanto isso, as crianças dão claros sinais que há algo bem esquisito acontecendo. Bem típico do gênero, pois sempre deve haver alguém que se recusa a ver o que está bem à sua frente.

  • Save

Os Outros se encerra com um grande plot twist e a recompensa ao espectador que acompanhou a jornada até ali, percebendo que tudo faz sentido. A revelação final é extremamente criativa e acrescenta muita personalidade à história, que não se agarra a tramas batidas, ainda que tenha os pontos típicos de um bom suspense.

REMAKE
Foi anunciado este ano que haverá um remake de Os Outros, ainda sem data de estreia. Os direitos foram comprados pela Sentient Entertainment e promete grandes nomes de Hollywood. Vamos ver no que isso vai dar.
Deborah Almeida

deborah almeida

mineira, jornalista e feminista. viciada em filmes adolescentes e de terror, amante de seriados e enaltecedora das divas pop. tanto 8 quanto 80, apaixonada por palavras, colecionadora de cartão postal e louca dos tsurus de origami.

Back To Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap