fbpx

Pesadelo na Rua Z / “Invocação do Mal 2”

[tempo de leitura: 3 minutos]

Quando o filme de terror começa com a informação de que foi “baseado em fatos reais”, os arrepios já se iniciam bem antes de qualquer cena assustadora. Graças ao casal Ed e Lorraine Warren, famosos pesquisadores sobrenaturais e demonologistas, temos uma variedade de filmes inspirados em situações reais (se você acreditar nisso, é claro).

Invocação do Mal 2 é uma das histórias mais famosas dos Warren, baseada no caso chamado Poltergeist de Enfield. Aos curiosos de plantão, já aviso que existem muitas informações sobre o assunto no vasto mundo da internet. Na trama, Ed (Patrick Wilson) e Lorraine (Vera Farmiga) são convocados a investigar fatos estranhos que acometem uma família em Londres. Em 1977, Janet Hodgson (Madison Wolfe) começa a ter crises de sonambulismo e não demora muito a apresentar sinais claros de possessão, falando com a voz de outra pessoa, fazendo luzes se apagarem e objetos voarem na sua presença.

Para que a Igreja Católica se envolva em um caso assim, é necessário que existam provas que as atividades são mesmo de origem demoníaca e não uma encenação da família. Após o caso de Amityville, em 1974, quando um jovem assassinou toda a seu núcleo familiar alegando estar possuído, surgiram falsos boatos de situações de possessão. Para garantir que Enfield não era uma brincadeira de mal gosto, um padre pede que o casal Warren verifique o lugar, uma vez que são especialistas no assunto e Lorraine possui dons mediúnicos.

Enquanto ajudam na investigação, o próprio casal passa por conflitos pessoais. Constantemente sendo chamados de mentirosos, precisam lidar com pessoas tentando provar que seu trabalho é uma armação. Além disso, pelo tipo de atividade que realizam, sofrem com muitas perturbações de seres não humanos. Em poucas palavras, Ed e Lorraine são provocados tanto pela mídia quanto por demônios, uma vida bem tranquila mesmo.

  • Save

Dirigido por James Wan, a obra conta com cenários que já pressupõe cenas assustadoras. Uma casa bem velha, com canos estourados e piso de madeira rangendo parece ser o ambiente perfeito para atividades demoníacas. Com alguns jump scare bem marcados, Invocação do Mal 2 tem uma trama bem desenvolvida, que não perde o rumo ao longo da história e consegue trazer momentos assustadores sem ficar repetitivo. Para quem já assistiu muitos filmes do gênero, os sustos acontecem em momentos relativamente previsíveis, mas a produção tem artimanhas o suficiente para dar um toque a mais.

Com um monte de crucifixos girando de cabeça para baixo, vozes demoníacas saindo de uma criança, facas voando e raios caindo em momentos cruciais, o filme entrega o pacote completo de um longa de terror e não deixa a desejar tanto em enredo quanto em cenas bem trabalhadas. Um dos grandes artifícios de trabalhar com histórias do casal Warren é a possibilidade de trazer elementos católicos, que deixam a trama ainda mais dramática.

Aos amantes de easter-eggs, em Invocação do Mal 2 conhecemos um pouco da Freira, que ganhou um filme em 2018. A boneca Annabelle também é vista de longe, junto com vários outros brinquedos e objetos que foram usados em atividades demoníacas. Esse utensílios ficam no porão da família Warren, que serve de cenário para Annabelle 3.

  • Save

JUMP SCARE
Jump Scare ou “pulo de susto” é a uma das técnicas mais usadas em filmes de terror. Ela consiste em mudanças abruptas de uma cena, geralmente acompanhadas de algum som alto.
Deborah Almeida

deborah almeida

mineira, jornalista e feminista. viciada em filmes adolescentes e de terror, amante de seriados e enaltecedora das divas pop. tanto 8 quanto 80, apaixonada por palavras, colecionadora de cartão postal e louca dos tsurus de origami.

Back To Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap