Divagando | Jonas Brothers: a famosa “volta dos que não foram”

Divagando | Jonas Brothers: A Famosa “volta Dos Que Não Foram”
[tempo de leitura: 4 minutos]

Capa do single novo Sucker na madrugada de sexta-feira”. Foi assim que o mundo inteiro se deparou com a volta dos três irmãos que fizeram parte da adolescência de muitos jovens e embalaram suas primeiras paixões, as tais decepções amorosas ou as festas com o grupo de amigos. São eles os Jonas Brothers, banda formada pelos irmãos Joe, Nick e Kevin Jonas.

Seis anos após a separação, a boyband que se destacou nos anos 2000 pela grande identificação com os jovens e o ritmo que conquistou nossos ouvidos, anunciou seu retorno completo para 2019. O momento é marcado pelo lançamento de música nova, documentário confirmado com a plataforma de streaming Amazon e ainda planos para uma turnê!

O vídeo de Sucker conta com a presença das atrizes Sophie Turner, noiva de Joe Jonas, e Priyanka Chopra, esposa de Nick, além de Danielle Jonas, uma personalidade da televisão americana e esposa de Kevin. O ambiente é de descontração e elegância, com os músicos e as companheiras aproveitando em um palácio, com muita comida, bebida, dança e sensualidade. Todos os “ingredientes” que o momento e os fãs merecem.

A investida ganhou um reforço: uma semana após o lançamento, James Corden fez um especial com os irmãos contando tudo sobre o retorno, incluindo entrevistas e brincadeiras, no conhecido Carpool Karaoke, quadro em que o apresentador convida os artistas a cantarem junto suas canções enquanto ele está dirigindo em uma rota planejada, e até mesmo a primeira performance televisionada da música nova.

  • Save
Os irmãos Jonas com suas respectivas mulheres. Da esquerda pra direita: Daniele e Kevin Jonas, Sophie Turner e Joe, Priyanka Chopra e Nick.

Desde a separação, em 2013, Nick e Joe envolveram-se com outros projetos musicais – e também na atuação, no caso de Nick. Por outro lado, Kevin Jonas, se tornou empresário e dono de uma companhia imobiliária, além de investir em programas de TV.

Tendo seu auge entre os anos 2008 e 2010, quando protagonizaram os filmes Camp Rock e Camp Rock 2: The Final Jam e uma série autoral no Disney Channel, o trio volta encontrando um público mais adulto porém movido por lembranças. Assim, a circunstância evidencia o reconhecimento da força que os três artistas têm juntos, apesar de terem investido na carreira solo durante esse tempo de pausa.

Além disso, revela um aspecto de nostalgia dos admiradores do grupo, de relembrar momentos da adolescência e reviver emoções que marcaram uma época e diz muito do que essas pessoas são e escutam hoje. Uma aposta evidente no público fiel, que já teve uma certa relação com o trabalho e as produções dos garotos.

Em entrevista para promover o single, os irmãos comentaram que gravaram mais de 30 músicas e que “há uma mistura de influências antigas e modernas”. “Então eu acho que nos próximos meses vocês provavelmente irão ouvir mais”, afirmou Joe Jonas.

O fato é que o retorno da banda promete ser um sucesso, e os números não deixam mentir. Pouco mais de 24 horas depois da estreia de Sucker, o nome dos Jonas Brothers se consolidou entre as principais faixas executadas nas plataformas digitais. O Spotify confirmou que a faixa que marca o retorno do trio de irmãos foi a melhor estreia da Top 50 Global, a terceira mais executada perdendo apenas para 7 Rings, da Ariana Grande, e Shallow, de Lady Gaga e Bradley Cooper.

  • Save
No YouTube, o vídeo recebeu mais de 15 milhões de visualizações em seu primeiro dia e no dia seguinte já ultrapassava 20 milhões de acessos com o título de momentaneamente o vídeo mais assistido em todo o mundo nas primeiras 24 horas. Ainda, no dia da estreia, madrugada de 1º de março, o clipe fechou com quase seis milhões, o 1º lugar em 15 países e entrou no Top 10 da loja digital em 53 países. Ótimo resultado para uma estreia com divulgação apenas poucas horas antes.

No Reino Unido, o grupo conquistou seu primeiro Top 10 na parada de singles britânica, que pode se tornar o maior sucesso dos irmãos até então. A música estreou em 6º lugar no ranking da Official Charts Company, sendo a melhor posição da carreira dos Jonas Brothers no Reino Unido. Antes disso, o pico do trio na parada britânica havia sido o 13º lugar com SOS em 2008.

O vídeo lançado recentemente reflete um marco, os irmãos Jonas, junto com suas companheiras, terminam o clipe sendo pintados em um quadro, como forma de registrar aquele acontecimento, tornando-o parte da memória, inclusive dos fãs e promovendo o trabalho a um novo nível artístico, ainda não alcançado em sua trajetória, que pode levá-los a novas oportunidades e propostas. Afinal, mais do que não terem ido, eles vieram para ficar.

Mike Faria

mike faria

aspirante a Jornalista, apaixonado pela liberdade da escrita e poder da leitura. praticante de natação nas horas vagas, encontrou na Cultura o melhor lugar para se expressar.

Back To Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap